Dez dicas super úteis para o teu dia-a-dia

Quem não gosta de uns bons conselhos, especialmente se eles economizam tempo e dinheiro? Pois bem, confere as dicas:

Slider

1. Usa clipes para pendurares os sacos de batata na geleira, criando assim mais espaço.

2. As luvas de borracha não saem com facilidade? Coloca as tuas mãos sob água fria e tenta de novo.

3. Não limpes as tuas janelas no horário mais quente do dia. O sol seca o produto muito rápido, deixando marcas.

4. Guarda um imã junto com as tuas agulhas e alfinetes. Assim fica mais fácil pegares aqueles que caem ou ficam no fundo.

5. Quando estiveres a lavar as janelas, limpa de um lado na vertical, e do outro na horizontal. Assim poderás ver onde esqueceste de algum pedaço, ou se existem marcas.

6. Usa spray de cabelo na ponta do fio para endurecê-lo. Assim fica mais fácil passa-lo pelo buraco da agulha.

7. Coloca um sabonete dentro do teu armário para evitares o mau-cheiro nas roupas que ficam guardadas por muito tempo.

8. Antes de desmontares qualquer objecto para consertá-lo, tira uma foto de todas as partes. Assim saberás o que vai em cada lugar.

9. Os biscoitos passaram do tempo no forno e ficaram duros? Deixa-os por uma noite num recipiente selado e eles amolecerão.

10. Para conseguires tirar mais sumo das frutas cítricas, rola-as sobre uma superfície dura algumas vezes antes de cortá-las.

1 de 5
  • Dez dicas super úteis para o teu dia-a-dia - image 1
  • Dez dicas super úteis para o teu dia-a-dia - image 2
  • Dez dicas super úteis para o teu dia-a-dia - image 3
  • Dez dicas super úteis para o teu dia-a-dia - image 4
  • Dez dicas super úteis para o teu dia-a-dia - image 5
  • Dez dicas super úteis para o teu dia-a-dia - image 6
  • Dez dicas super úteis para o teu dia-a-dia - image 7
  • Dez dicas super úteis para o teu dia-a-dia - image 8
  • Dez dicas super úteis para o teu dia-a-dia - image 9
  • Dez dicas super úteis para o teu dia-a-dia - image 10
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
Ambiente  |   FMCG  |   Educação
15/11
0
69

Truques práticos para removeres a poeira da tua casa

Existem muitos tipos diferentes de produtos de limpeza por aí. Tudo, desde lenços humedecidos a aspiradores de pó, todos a fim de manter as nossas casas e ambientes limpos. Para os fanáticos por limpeza, não há paz, pois mesmo depois da limpeza pesada, de horas varrendo e esfregando, sempre haverá aquela poeirinha singular que rola para fora de um canto, quase que a gozar contigo. São essencialmente aglomerados de sujeira de todos os tipos, e a maioria das pessoas é altamente alérgica a poeira. Mesmo para aqueles que não são, ainda não é particularmente agradável dividir espaço com tanto pó.

Slider

1. USA FRONHAS PARA LIMPARES O TEU VENTILADOR DE TECTO: Nada na tua casa vai acumular poeira como os ventiladores de tecto. Os de cor branca ficam subitamente pretos. Quando se trata de poeira, os ventiladores são lugares especialmente difíceis de alcançar, mas a solução fácil é usares uma fronha de almofada. Basta deslizá-la na hélice do ventilador, mover para frente e para trás algumas vezes para teres certeza de que estás a eliminar tudo, e então podes facilmente meter a fronha na máquina de lavar, e ela voltará para ti como nova. Só por segurança, dá uma boa sacudida na fronha sobre o lixo antes de lavá-la, para tirares todo o pó.

2. USA MEIAS PARA LIMPADORES SWIFFER: O limpador swiffer é como um presente de Deus para fazeres as tarefas de limpeza do chão. Mas para aqueles que o possuem, ter que continuar a comprar o pano de fundo pode sair mais caro que o esperado. Uma óptima maneira de te poupares desta viagem para o supermercado é usares um item comumente encontrado em casa: Meias. Tu podes simplesmente deslizar qualquer meia velha na parte de baixo e pronto! O teu limpador está pronto para acabares com a sujeira.

3. PANOS DE MICROFIBRA E UM PEGADOR: Normalmente, a maneira mais fácil de limpar as persianas seria com um espanador, o que é divertido de se ver, mas não tão eficiente em tirar o pó, especialmente porque a poeira nestas áreas não só se acumula em pedaços, mas também tem um jeito de se espalhar quase uniformemente para todos os cantos das persianas. Uma maneira fácil de alcançares todos os cantos é usando um par de pegador de macarrão em forma de pinça e um pano de microfibra comum. Pega dois pedaços de pano, idealmente iguais em tamanho e enrola-os. Deixa apenas espaço suficiente no centro para deslizar um lado das pinças entre cada pano enrolado. Usa um elástico para enrolar e então começa a limpar!

4. USA PINCÉIS PARA LIMPARES PEQUENOS ESPAÇOS: Outro grande truque para estes pontos difíceis de alcançar é usares um pincel, ou até mesmo um pincel de esponja, em vez de um espanador normal. Por razões óbvias, eles podem alcançar estes cantos que sempre têm uma camada extra de poeira que sobrou da última vez que não conseguiste alcançá-lo. Eles também são óptimos para limpeza de objectos domésticos e ornamentos, e em torno dos pregos e rebites da maioria das mesas, armários e outros itens semelhantes.

5. LIMPA COM FILTROS DE CAFÉ: Ao contrário da maioria dos espanadores, panos de microfibra, aspiradores de pó e outros aparelhos de limpeza típicos, os filtros de café custam bem menos. Eles não só ajudam-te a preparares uma chávena de café para começares o dia, mas também podem ser óptimos para manteres as várias telas em torno da tua casa sem poeira. Desde as telas da tua TV, até os teus laptops, janelas e até mesmo os teus tablets e telefones. Filtros de café são óptimos para pegares poeira, grãos e outras sujeiras, e o que os torna tão úteis para a limpeza de itens electrónicos é que eles não arranham as telas.

6. LIMPA O PÓ DE LÂMPADAS COM ÁLCOOL: Embora normalmente tenhamos o hábito de limpar os abajures e os candelabros, muitas vezes esquecemos de verificar em baixo deles para ver como estão as lâmpadas individuais. E isto pode ser problemático porque as lâmpadas tendem a perder um pouco do seu brilho a cada nova camada de poeira que recebem. Não te preocupes, há uma solução fácil. Um pouco de álcool num pano pode ajudar-te a te livrares de toda e qualquer camada de sujeira, não importa o quão teimosa e aparentemente resistente a outros métodos de limpeza.

7. PÃO PARA LIMPARES QUADROS: O pão é um dos materiais mais absorventes que existem. Pode agarrar e absorver a maioria das coisas que toca. Esta qualidade torna-o não só excelente para ficar sóbrio depois de uma bebida a mais, mas também para acumular pó. Claro, não é preciso comprares pão apenas para manter a casa limpa quando há tantas outras formas mais adequadas de limpeza. Mas o pão é uma óptima maneira de manteres as tuas pinturas livres de poeira, sem teres que usar outros métodos de limpeza que possam danificar o trabalho artístico.

8. LIMPA PLANTAS DE PLÁSTICO COM CONDIMENTOS: Acredita ou não, até plantas de plástico podem murchar. As plantas artificiais começam com um brilho, mas começa a desaparecer depois de um tempo, especialmente se não forem limpas com frequência porque, como mencionamos antes, a poeira começa a acumular-se. Há um item doméstico surpreendente que funciona muito bem para ajudar as tuas plantas a recuperarem o brilho. Como se constata, a maionese não é boa apenas em sanduíches. Aplica uma pequena quantidade num pano e limpa a planta completamente.

9. LIMPA PEQUENOS ESPAÇOS COM ÁGUA E UM PANO: Este é um truque interessante tu podes tentar tentar para limpares grades e alcançar cantos profundos ou altos em armários, estantes ou despensas que geralmente são uma luta para manter limpo. Enrola a régua com um pano e amarra um elástico em volta para mantê-lo firme. Este utensílio de limpeza improvisado também pode ser usado para limpar espaços sob alto-falantes, geleiras e vários outros aparelhos.

10. APLICA A CERA DE POLIR O CARRO NAS SAÍDAS DE AR: As aberturas de ventilação da tua casa, especialmente se tiveres aquecimento ou ar condicionado centralizados, podem acumular quantidades intensas de sujeira e poeira. Então podes usar qualquer um dos métodos acima ou mesmo apenas um pano normal para limpá-lo. Para garantires que fica limpo, usa uma esponja ou pano para aplicar cera nas aberturas, pois isso as protegerá da poeira por muito tempo. Pode ser um pouco mais de trabalho agora, mas poupa muito trabalho no futuro.

1 de 5
  • Truques práticos para removeres a poeira da tua casa - image 1
  • Truques práticos para removeres a poeira da tua casa - image 2
  • Truques práticos para removeres a poeira da tua casa - image 3
  • Truques práticos para removeres a poeira da tua casa - image 4
  • Truques práticos para removeres a poeira da tua casa - image 5
  • Truques práticos para removeres a poeira da tua casa - image 6
  • Truques práticos para removeres a poeira da tua casa - image 7
  • Truques práticos para removeres a poeira da tua casa - image 8
  • Truques práticos para removeres a poeira da tua casa - image 9
  • Truques práticos para removeres a poeira da tua casa - image 10
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
Ambiente  |   FMCG  |   Educação
15/11
0
52

Como limpar a ferrugem na casa de banho

Nada mancha uma banheira tanto quanto a ferrugem. Faz tudo parecer velho, em desuso e anti-higiénico. Mas o acúmulo de ferrugem em pias, banheiras e lavatórios geralmente não tem nada a ver com a idade ou a qualidade da tua porcelana. Em vez disto, o que causa a ferrugem são partículas de ferro na água que enferrujam com a exposição a longo prazo ao oxigénio.

Seja qual for a causa, a ferrugem é uma mancha persistente e feia na tua casa de banho, mas isto não significa que devas  apressar-te em reformá-lo, pois as manchas de ferrugem são removíveis usando ingredientes comuns, muitos dos quais podes encontrar na sua casa agora.

Slider

1. REMOÇÃO DA FERRUGEM NA BANHEIRA DE PORCELANA: Mistura 3 colheres de sopa de creme de tártaro e 3 colheres de sopa de peróxido de hidrogénio até formares uma pasta. Aplica a pasta na mancha de ferrugem e aguarda 10 minutos. Usando uma escova de nylon, esfrega até a mancha desaparecer completamente.

2. REMOÇÃO DA FERRUGEM NA BANHEIRA DE FIBRA DE VIDRO: Aplica água na mancha e cobre a área com uma camada de bicarbonato de sódio. Usando um pincel de nylon molhado, esfrega o bicarbonato de sódio sobre a mancha, criando uma pasta e espera por uma hora. Usa uma esponja molhada para limpares o bicarbonato de sódio. Se ainda puderes ver resíduos de ferrugem, coloca acetona no pano e esfrega a mancha até que os últimos vestígios de ferrugem desapareçam, e lava com a esponja.

3. REMOÇÃO DA FERRUGEM DE UM LAVATÓRIO: Despeja sumo suco de limão sobre a mancha e polvilha sal sobre ele. Deixa repousar por 15 minutos e depois esfrega com uma escova de dentes velha até que a mancha desapareça.

4. REMOÇÃO DE FERRUGEM NA PIA: Desliga o fluxo de água na pia e adiciona duas chávenas de vinagre e um pouco de bicarbonato de sódio dentro. Usando uma escova de pia, agita o vinagre e o bicarbonato de sódio e espera 15 minutos. Usando o pincel, retira as manchas. Se restar algum resíduo, adiciona o sumo de limão na pia, liga a água e dá a descarga para enxaguar.

1 de 5
  • Como limpar a ferrugem na casa de banho - image 1
  • Como limpar a ferrugem na casa de banho - image 2
  • Como limpar a ferrugem na casa de banho - image 3
  • Como limpar a ferrugem na casa de banho - image 4
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
Ambiente  |   FMCG
14/11
0
43

10 atitudes simples que ajudam a preservar o meio-ambiente

Todos nós sabemos que devemos reciclar e usar mais os pés e as bicicletas para ajudarmos o meio ambiente. Muitos de nós já fizemos adaptações e reformas na casa para economizar dinheiro, e é óptimo saber que o ambiente também se beneficia disso. No entanto, há muito mais que podemos fazer para ajudar nosso planeta e garantir que nossos filhos e netos desfrutem de um pouco de ar fresco e apreciem a beleza da natureza tanto quanto nós.

Slider

1. PREFERE CHÁ SOLTO E CAFÉ NÃO EM CÁPSULAS: Os saquinhos de chá de nylon não são bons para a tua própria saúde, pois sugam microplásticos para o chá e, finalmente, para o corpo e o meio ambiente. O mesmo vale para cápsulas de café, que têem o custo ecológico adicional de não serem recicláveis porque contém materiais misturados.

2. DOA E COMPRA ROUPA DE SEGUNDA MÃO A indústria de vestuário é uma das mais desperdiçadoras do planeta, com muitos corantes químicos poluindo a água e sendo extremamente perigosos para as pessoas que trabalham com eles. Além disso, a indústria da moda rápida produz propositalmente roupas de baixa qualidade para tu usares e comprares mais. Para romperes este ciclo de desperdício, condições de trabalho injustas e poluição, certifica-te de comprar apenas as peças necessárias e doar roupas sem uso. Comprar roupas em segunda mão também é uma boa opção para reduzir o desperdício global.

3. USA FÓSFOROS EM VEZ DE ISQUEIROS: Actualmente, os isqueiros de plástico raramente são duráveis e recarregáveis, e todos os isqueiros que tu deitaste fora sem pensar duas vezes acabam em aterros sanitários. Além disto, eles geralmente são carregados com butano, o que os torna ainda mais perigosos para o meio ambiente. Usar fósforos é uma alternativa muito mais segura se o teu objectivo é ser ecologicamente correcto.

4. UTILIZA LÂMPADAS LED: Substituir lâmpadas é apenas uma questão de tempo. As lâmpadas mais ecológicas, eficientes e duradouras disponíveis são as lâmpadas LED. Portanto, da próxima vez que precisares de uma nova, escolha uma delas. Em comparação com as lâmpadas incandescentes, as LEDs duram cerca de 25 vezes mais e consomem muito menos electricidade, e por isso valem o preço um pouco mais alto.

5. NÃO COME CARNE VERMELHA UMA VEZ POR SEMANA: Os alimentos que escolhes comer também têem um sentido ecológico, sendo a carne vermelha a variedade de alimentos com maior consumo de recursos naturais. Mesmo que não sejas vegetariano, passa dias sem carne e tenta trocar a carne vermelha por peixe e aves nos outros dias da semana. Além de pesar menos sobre o meio ambiente, também farás um favor a ti mesmo, pois o consumo excessivo de carne vermelha também é perigoso para a tua saúde.

6. UTILIZA PILHAS RECARREGÁVEIS: As baterias recarregáveis são um óptimo investimento, pois economizarão dinheiro a longo prazo. O mais importante, no entanto, é que o uso de menos baterias garantirá que um número menor delas acabem nos aterros, pois os ácidos corrosivos que elas contém são um sério risco ambiental.

7. DESLIGA AS TOMADAS: Não, não queremos dizer isTo metaforicamente (embora também seja um bom conselho), mas literalmente. Quando não estiveres a usar um dispositivo, como o carregador de celular, o secador de cabelo ou até o liquidificador, puxa o plugue. Certamente, os dispositivos electrónicos não consomem muita electricidade quando estão inactivos, mas existem alguns que realmente acumulam ao longo dos anos.

8. OUVE MÚSICAS OFF-LINE: É difícil conceituar o consumo de energia digital, mas isto está a tornar-se um problema crescente. A tecnologia em nuvem nos ajuda a aceder a tantas informações e médias on-line sem precisar fazer o download de nada nos nossos próprios dispositivos, mas isto não significa que armazenar todas estas informações on-line não consome energia. Os servidores que permitem toda esta incrível tecnologia consomem constantemente muita electricidade e, ao aceder menos a esta tecnologia e ao armazenar menos informações na nuvem, podes ajudar a reduzir o consumo de energia. Portanto, usa o teu antigo gravador ou toca-fitas sempre que puderes.

9. DIMINUE O BRILHO NO TEU MONITOR: As telas muito brilhantes, seja uma TV, uma tela de computador ou um smartphone, podem dar-te dores de cabeça, então sempre diminue o brilho delas. O brilho excessivo da tela encurta muito a vida útil da bateria de um dispositivo. O mesmo vale para as telas de TV: elas consumirão muito mais electricidade quando as configurações de brilho da tela aumentam.

10. USA AREIA SANITÁRIA BIODEGRADÁVEL PARA O TEU GATO: Muitas pessoas não sabem disto, mas a maioria das areias sanitárias é realmente feita de bentonita, que não é biodegradável e terminará a sua existência num aterro sanitário. Opta por alternativas biodegradáveis para os gatos, como pellets de madeira, por exemplo.

1 de 5
  • 10 atitudes simples que ajudam a preservar o meio-ambiente - image 1
  • 10 atitudes simples que ajudam a preservar o meio-ambiente - image 2
  • 10 atitudes simples que ajudam a preservar o meio-ambiente - image 3
  • 10 atitudes simples que ajudam a preservar o meio-ambiente - image 4
  • 10 atitudes simples que ajudam a preservar o meio-ambiente - image 5
  • 10 atitudes simples que ajudam a preservar o meio-ambiente - image 6
  • 10 atitudes simples que ajudam a preservar o meio-ambiente - image 7
  • 10 atitudes simples que ajudam a preservar o meio-ambiente - image 8
  • 10 atitudes simples que ajudam a preservar o meio-ambiente - image 9
  • 10 atitudes simples que ajudam a preservar o meio-ambiente - image 10
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
Ambiente  |   FMCG
14/11
0
54

5 dicas para administrar as finanças da família

Falar de finanças não é uma questão que preocupa apenas grandes investidores ou bancos, mas em casa devemos aprender a administrar nosso dinheiro de maneira efectiva. A responsabilidade não corresponde apenas ao pai ou à mãe, pois hoje em dia todos os membros da família podem participar desta tarefa.

1- ORÇAMENTO

É muito importante partilhar a responsabilidade das finanças da família, todos os membros entendem o que é o orçamento, ou seja, para que serve, assim como ter um plano de acção que ajudará a manter as finanças da família bem organizadas.

 

2- SERVIÇOS FINANCEIROS

É necessário explicar a todos os membros da família sobre os produtos e serviços financeiros disponíveis, tais como créditos, fundos de investimento e seguros. É essencial rever uso, uma vez que o abuso pode levar a erros financeiros devido à ignorância.

 

3- POUPANÇA E INVESTIMENTO

Saber diferenciar estes conceitos desde cedo é uma vantagem, já que poupar e investir são as acções que protegerão e farão crescer o fruto do teu trabalho. A chave é ensinar a toda a família como economizar e o que investir. Ao fazer o orçamento, é essencial que uma parte seja economizada e investida para alcançar objetivos diferentes.

 

4- FINANÇAS DO CASAL

Esta é frequentemente uma questão delicada, por isso é melhor ignorar quem ganha mais e concentrar esforços na gestão dos recursos para o lar. A coisa mais importante aqui é administrar os gatos e ser claro sobre como o dinheiro está sendo gasto.

 

5- ENVOLVE OS TEUS FILHOS

Como mencionamos anteriormente, quanto mais cedo aprendemos sobre gestão financeira, mais chances de sermos bem-sucedidos no futuro. Ensina os teus filhos com exemplos que fazem parte realidade deles, como poupar na mesada para garantirem novos brinquedos ou passeios.

5 dicas para administrar as finanças da família
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
184

9 óptimas dicas para economizar que tu tens que conhecer

Como podemos viver uma vida mais próspera? Algumas pessoas conseguem comprar a sua própria casa e abrir o seu próprio negócio aos 30 anos de idade, enquanto outras ainda estão a tentar organizar a sua situação financeira.  #BCI #BCIdaqui #DicasDaqui

 

  1. CRIANÇAS SÃO CARAS

A maioria das pessoas acredita que devemos ter filhos com 20 anos ou antes dos 30 anos. Mas criá-los é muito caro. Por esta razão, é melhor teres filhos quando estiveres completamente pronto, e isso inclui as tuas finanças. Também é aconselhável preparares uma poupança com o teu parceiro antes que a tua família cresça.

 

 

  1. NÃO É VEGONHOSO PEDIRES UMA PROMOÇÃO

Se já trabalhaste na mesma posição por mais de 3 anos, arrisca uma melhora profissional pedindo uma promoção. Este é um bom passo para melhorares a tua situação financeira. Se for negada uma promoção várias vezes, é hora de mudares de emprego ou melhorares as tuas habilidades profissionais.

 

  1. INVESTE NA TUA EDUCAÇÃO E SAÚDE

Não é fácil alcançares o sucesso quando não vives de forma saudável. É por isso que é importante que cuidares de ti. Dorme bem, sai de férias pelo menos uma vez por ano e come bem. Teres uma boa educação também abrirá muitas portas que te ajudarão a avançares na carreira profissional.

 

  1. NÃO INVISTAS EM ALGO NÃO CONHECES BEM

Antes de lidares com problemas financeiros, certifica-te de teres uma mente fria, sóbria e calma. Investir em projectos duvidosos pode fazer com que percsa muito, se não todo o teu dinheiro. Antes de fazeres um investimento, consulta os especialistas com antecedência para teres uma avaliação sensata do projecto e as tuas chances de sucesso.

 

  1. NÃO FAZ EMPRÉSTIMOS PARA PAGARES DÍVIDAS ANTIGAS

O conceito de fazer um novo empréstimo para pagar um empréstimo anterior tornou-se uma tendência popular. Mas pagar uma dívida anterior através de um empréstimo de outra pessoa só te levará a um círculo vicioso. É melhor não estares endividado. Mas se der o caso de conseguires um empréstimo, evita comprar algo e economiza o dinheiro para pagares o empréstimo sem pedires mais empréstimos.

 

  1. FICA CONECTADO COM OS TEUS AMIGOS E CONHECE NOVAS

Dizem que “um amigo no tribunal é melhor que um centavo na bolsa”. Há muita verdade nisto. Às vezes, as conexões são mais importantes que o dinheiro.

 

  1. É MAIS EFICIENTE COMPRARES SAPATOS E ROUPAS DE BOA QUALIDADE

Tal como acontece com muitas outras coisas, roupas de boa qualidade servirão muito mais do que roupas baratas. Portanto, é mais eficaz gastares o teu dinheiro em coisas duradouras. Para economizares um centavo extra, compra itens de boa qualidade durante as promoções/saldos e tenta fazer uma lista dos itens necessários que tu precisas,  para os comprares durante este período.

 

  1. EVITA COMPRAS POR IMPULSO

Embora tragam alegria temporária, as compras por impulso podem ser problemáticas. Em vez de comprares outra blusa, tenta encontrar alegria em algo como uma caminhada ao ar livre ou um dia na praia. Eles são grátis.

 

  1. COME E COZINHA EM CASA

Enquanto comer em cafés e restaurantes é agradável, é muito mais barato preparar as tuas refeições em casa.

9 óptimas dicas para economizar que tu tens que conhecer
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
130

Aprende a melhor maneira de limpares a tua frigideira de ferro fundido

Uma óptima maneira de preparares pratos saborosos é usares uma frigideira de ferro fundido. Mas elas tendem a ser muito difíceis de limpar, principalmente porque não podes limpar como fazes com outras louças, pois irias arruinar o sabor da tua comida. Então, podes estar te a questionar, “isto significa que não posso lavar com água quente e detergente?” Em vez deste método usual, há uma técnica simples quando se trata de limpares a tua frigideira.

 

Para manteres a qualidade da tua frigideira, precisas de dois ingredientes simples: sal e azeite. Também precisarás de água e um pano ou papel-toalha para secar. Depois de reunires todas as ferramentas de limpeza da tua frigideira de ferro fundido, segue as etapas abaixo:

PASSO 1: Mantém a tua frigideira suja quente e polvilha com 1 chávena de sal.

PASSO 2: Usa cuidadosamente as folhas de papel-toalha para espalhares o sal e esfregá-lo em toda a superfície. Isso deve ajudar a soltar a “gosma” de comida.

PASSO 3: Com as folhas de papel-toalha, raspa o sal e os restos de comida numa tigela separada até que a parte inferior da frigideira esteja completamente limpa.

 

As etapas acima garantirão que a tua frigideira de ferro fundido fique a brilhar novamente em questão de segundos. Esta é uma rotina fácil de manteres após cada uso da tua frigideira. E mantê-la assim garantirá que a tua comida conserve o sabor que adoras.

 

Aprende a melhor maneira de limpares a tua frigideira de ferro fundido
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
487

30 dicas para reaproveitares objectos que iam para o lixo

Tu podes ajudar a mudar esta realidade, reduzindo o teu consumo, reaproveitando tudo que for possível e separando correctamente o que pode ser reciclado. Para ajudar-te, seleccionamos 30 dicas de objectos que podem ser reaproveitados com as mais diversas utilidades e em todos os cantos da casa. Vê só:

 

COZINHA

1 – rolhas de cortiça podem ser usadas como isolante térmico, compondo belos apoios para panelas.

2 – restos de barras de jeans também podem ser enrolados formando óptimos porta-copos.

3 – toalhas velhas podem virar pano de chão ou mantas para os bichos de estimação.

4 – reaproveita escovas de dente para fazeres a limpeza de locais de difícil acesso.

 

QUARTO

5 – garrafas de vidro podem ser transformadas em lindas luminárias.

6 – latas de biscoito podem ser transformadas em luminárias ou porta-trecos.

7 – rolos de papelão (de papel higiénico/papel alumínio ou plástico filme) podem ser usados para organizar fios.

8 – caixas de sapato podem ser reaproveitadas para auxiliar-te na organização de gavetas.

9 – caixas de mercado podem ser pintados e usados como estante, gaveta ou armários.

10 – caixotes de madeira também podem ser usados para fazeres mesas de centro, criados-mudos, prateleiras, bases para camas ou sofás, etc.

11 – jeans usados podem ser reaproveitados para fazeres bolsas, pastas, capas de almofada, carteiras e até porta-objetos.

12 – talheres tortos podem ser transformados em bases de inusitados porta-retratos ou ainda, colados na parede e usados para pendurar chaves ou mesmo colares e outras joias.

13 – aquela antiga lista telefónica pode ser colocada de pé sobre uma mesa e, então, teres as suas páginas dobradas ao meio (separa 5 grupos de páginas e dobra um de cada vez, prendendo a ponta da página ao miolo da lista). Assim, formas uma flor com a lista, com espaços para colocares lápis e canetas. Se achares muito alto, corta ao meio e faz dois porta-lápis.

14 – roupas antigas podem ser customizadas com cortes, pedras ou até serem transformadas em novas peças e acessórios, como aventais, bolsas, cachecóis, carteiras.

 

SALA

15 – garrafas de vidro podem ser usadas como vasos para plantas naturais ou artificiais.

16 – fundos de garrafas pet pode ser usados para fazeres singelas cortinas/divisórias.

17 – bolas de ténis com um corte podem ser penduradas na parede e servirem de aparador para chaves, papéis ou toalhinhas.

18 – monitores antigos podem ser customizados e transformados em lindas casas para animais de estimação.

19 – pallets de madeira podem ser aproveitados na fabricação de diversos móveis, seja mantendo o tom rústico ou lixando e pintando. Podem ser transformados mesa, poltrona, sofá, prateleira, porta-bolsa, etc.

20 – rolhas de cortiça podem compor um belo quadro ou encher um belo vaso decorativo.

21 – frascos plásticos de cosméticos ou de produtos de limpeza podem ser cortados e personalizados, tornando-se belos porta-livros, porta-revistas ou porta-guardanapos.

22 – aqueles antigos tubos para armazenar CDs e DVDs podem ser usados para organizares fios ou serem transformados numa linda luminária.

23 – um pneu antigo de bicicleta pode ser transformado num belo relógio de parede.

 

CASA DE BANHO

24 – latas de achocolatado podem ser transformados em belos porta-toalhas para casa de banho.

25 – rolhas de cortiça podem compor um lindo tapete antiderrapante.

26 – CDs e DVDs riscados podem ser picados e usados para decorares bordas de espelhos, entre outros objectos (o efeito criado é multicolorido).

 

QUINTAL

27 – garrafas pet podem ser usadas para fazeres hortas verticais.

28 – pneus antigos também podem ser usados para fazeres hortas.

29 – pneus antigos ainda podem ser aproveitados para fazer depósitos de lixo grandes ou baloiços.

30 – latas de tinta podem ser transformadas depósitos de resícuos ou bancos rústicos.

30 dicas para reaproveitares objectos que iam para o lixo
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
Ambiente  |   FMCG
11/10
0
310

8 maneiras para reutilizares garrafas PET

Garrafas PET estão sempre presentes no dia a dia e são responsáveis por grande parte do volume nos contentores de lixo. Entretanto, reciclar as garrafas PET pode ser uma solução para este problema, além de possibilitar a criação de novos artefactos com o material, uma acção positiva em todos os sentidos. Confere abaixo várias ideias para colocares em prática a reutilização:

 

Slider

1. CORTINA: A dica é fazeres uma cortina com o fundo das garrafas plásticas, o resultado é incrível, já que os fundos das garrafas ficam a parecer flores, com um custo quase zero, tu fazes uma cortina para dividires ambientes, por exemplo, ou apenas para decoração.

2. PUFF: Inspirado neste outro exemplo, podes criar um puff, mas serão necessários outros materiais como a espuma e pedaços de papelão, nada muito difícil de encontrares. O resultado fica demais e o custo de menos.

3. VASO DE FLORES: O acabamento assemelha-se a um vaso de cristal, mas com a vantagem de ser inquebrável e sem custo.

4. VASINHOS FOFOS: Este outro modelo de vasinhos é extremamente fofo e não exige muito trabalho para fazeres também, com bastante imaginação podes pintar nas garrafas cortadas vários desenhos ou bichinhos diferentes.

5. ABAJUR: Este abajur ganhou um novo up depois de decorado com os fundos de garrafa PET, o efeito é sensacional.

6. PORTA JÓIAS: Com um bom acabamento o resultado do porta jóias fica incrível e super útil para quem quer organizar as suas pulseiras, brincos, anéis e colares.

7. HORTA: Utilizando a garrafa inteira, mas com um corte lateral é possível acrescentares terra e fazer um jardim suspenso, desta forma fica muito mais fácil economizares espaço e dinheiro.

8. COBERTURA PARA ESTACIONAMENTO: E que tal fazeres uma cobertura assim? Deve dar um trabalho, mas o resultado é incrível e sem dúvidas económico e sustentável.

1 de 5
  • 8 maneiras para reutilizares garrafas PET - image 1
  • 8 maneiras para reutilizares garrafas PET - image 2
  • 8 maneiras para reutilizares garrafas PET - image 3
  • 8 maneiras para reutilizares garrafas PET - image 4
  • 8 maneiras para reutilizares garrafas PET - image 5
  • 8 maneiras para reutilizares garrafas PET - image 6
  • 8 maneiras para reutilizares garrafas PET - image 7
  • 8 maneiras para reutilizares garrafas PET - image 8
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
Ambiente  |   FMCG
11/10
0
500

Economia sustentável: 5 dicas para guardares dinheiro

Conseguir economizar dinheiro é uma meta de praticamente todas as pessoas. Com isto, são adoptadas algumas mudanças de hábitos de consumo, que ajudam a reduzir os gastos no orçamento mensal. Aliando esta ideia à onda de sustentabilidade, surge um novo conceito: a economia sustentável, que visa economizar, mas, ao mesmo tempo, contribuir para a preservação do meio ambiente.

Confere, a seguir, algumas dicas de como colocares a economia sustentável em prática e começa agora mesmo!

  1. Economia de energia

Esta é uma das acções mais comuns quando se pretende economizar parte do orçamento mensal. Ao mesmo tempo, tu contribuis com o meio ambiente, reduzindo a necessidade de geração de energia.

Algumas atitudes mais comuns incluem: apagar as luzes dos cómodos que não estão a ser utilizados; aproveitar ao máximo a luz natural; evitar demorar durante o banho e acumular mais as roupas na hora de passares e lavar.

  1. Economia de água

Esta também é uma atitude bastante comum que faz parte da economia sustentável. Para economizares água, vale a pena varreres em vez de lavares — passeios e quintais, por exemplo — fechares a torneira enquanto ensaboas as vasilhas e escovas os dentes, gastares menos tempo no banho, aproveitares a água da chuva para lavares áreas externas, entre outras coisas.

  1. Reciclagem e reutilização

Estas atitudes também fazem parte da economia sustentável e podem contribuir bastante para reduzires os gastos no orçamento. Isto pode ser feito com embalagens de vidro, roupas que não se usam há muito tempo, garrafas pet, capas de cd, entre várias outras coisas.

Existem muitos sites que ensinam, de maneira simples, como vários materiais podem ser reciclados e utilizados. Além de teres itens transformados que poderão voltar a ser utilizados, a geração de lixo acaba sendo menor.

  1. Cultivo dos próprios temperos

É possível criares uma mini-horta em casa, mesmo pra quem mora em apartamentos, com alguns temperos. Em pequenos vasos pode-se cultivar pimenta, orégano, cebolinha, salsa e outros tipos de tempero que sejam da tua preferência.

Além de economizares, tu tens a garantia de que estás a consumir itens orgânicos e de qualidade.

  1. Preferência pela bicicleta

Sempre que possível, troca o carro pela bicicleta. Além de poluíres menos o meio ambiente, colaboras com um trânsito menos cheio, economizas com combustível e ainda cuidas da tua saúde.

 

 

 

Economia sustentável: 5 dicas para guardares dinheiro
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
208