Sidney Wing
0 crédito
0
crédito
149
Publicar

Publicado por Sidney Wing


Como um curso online pode mudar a tua vida acadêmica e profissional

Ser estudante não significa apenas estudar e terminar a escola. Um bom curso complementar para a tua vocação é meio caminho andado para arranjares emprego depois de terminados os estudos.

Se já sabes qual é a tua vocação, podes começar já hoje a pesquisar cursos no Google ou nos sites das universidades da tua região.

 

Quando descobrires um curso que te agrade, podes inscrever-te e aumentares os teus conhecimentos, qualquer que seja a tua área. Marketing, Gestão ambiental, Geografia, Contabilidade e auditoria, multimédia, artes e design gráfico são as áreas com mais ofertas de cursos online.

Quer queiras fazer o curso presencial ou online, em Moçambique existem opções para todos os gostos. Universidades como o ISCED e UEM já leccionam cursos à distância e com todas as potencialidades das redes sociais.

 

Como podes usar as redes sociais para o estudo?

Já pensaste como Facebook, Pinterest, Twitter ou Tumblr podem-te ajudar nos teus cursos online ou mesmo na escola? O facto de poderes criar grupos e páginas permitem que te juntes com os teus colegas e partilhem trabalhos, apontamentos e ideias. Vais ver como a envolvência com professores e com os teus colegas nunca mais será a mesma. Basta colocares os auriculares, colocares música e concentrares-te nos estudos.

O Pinterest, que já deves conhecer, é uma espécie de quadro magnético online que te permite afixar imagens e artigos de todas as áreas. Ora pensa neste quadro como o quadro da tua sala de aula online e onde podes partilhar notas, gráficos e todo o tipo de apontamentos?

Por falar em Pinterest, é também uma das formas de encontrares cursos de todas as áreas em que vais aprender mais facilmente a partir de imagens.

Nos Estados Unidos já existem universidades que usam Pinterest, e outras redes sociais para o cursos online. São ferramentas que permitem aos estudantes falar uns com os outros e com os professores, partilhando trabalhos e apontamentos.

Qualquer que seja a tua vocação, os cursos na Internet, juntamente com as redes sociais, são o melhor material escolar alguma vez criado, quando usado com contenção.

Como um curso online pode mudar a tua vida acadêmica e profissional
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
1k

Facebook Stories: como publicar fotos e vídeos que duram apenas 24 horas

O Facebook Stories é um recurso que permite postar fotos e vídeos curtos que duram 24 horas. Apesar da grande semelhança com o Snapchat e o Instagram Stories, a ferramenta do Facebook têm suas particularidades, como filtros e efeitos inovadores.

Veja, a seguir, como fazer uma publicação no Stories do Facebook e editar as imagens para partilhar com os teus amigos na rede social. O procedimento é exactamente o mesmo nas aplicações para celulares com Android e no Iphone(IOS).

 

Passo 1. Há duas maneiras de publicar Stories no Facebook. Ao abrires o aplicativo no teu celular, nota que a foto de perfil aparece no topo da tela com a descrição “Sua história”. Ao tocares nela, abre a câmara e podes tirar uma foto para publicares no teu Stories. A segunda maneira é clicando diretamente no ícone de câmara que se encontra no canto superior esquerdo da tela, logo ao lado da barra de pesquisa.

 

Passo 2. A câmara do Facebook Stories funciona de maneira semelhante à do Snapchat ou Instagram Stories, com algumas pequenas diferenças. Veja, abaixo, qual é a função dos elementos da câmara.

1 – Clica para tirar uma foto ou segura para gravar um vídeo;

2 – Permite escolheres uma foto já salva na tua galeria de imagens;

3 – Alterna entre as câmaras frontal e traseira do celular;

4 – Permite adicionares efeitos e filtros à imagem;

5 – Volta para a tela inicial do Facebook.

 

 

Passo 3. Há também uma maneira bem simples de alternar entre os principais filtros e máscaras da aplicação. Note que na lateral esquerda há várias bolinhas. Basta arrastares o dedo para cima ou para baixo para navegares entre os filtros.

 

Passo 4. Depois de tirares a foto para a tua História, tens ainda algumas opções de edição, que são as seguintes:

1 – Publicar diretamente no teu Stories;

2 – Salvar a foto na galeria de imagens do celular;

3 – Fazer desenhos à mão na imagem;

4 – Digitar um texto;

5 – Aplicar efeitos de fundo ou molduras;

6 – Girar a imagem para direita ou esquerda.

 

Passo 5. Em seguida, deves escolher entre postar a foto na tua história ou enviares diretamente para um amigo. Se quiseres publicar no Stories, basta deixar a opção “Sua história” marcada. Se quiseres postar no Facebook, marque a opção “Publicar”. Caso queiras enviar a um contato específico, basta selecioná-lo na lista de amigos.

Agora, é só usares a criatividade para postar fotos engraçadas.

 

Facebook Stories: como publicar fotos e vídeos que duram apenas  24 horas
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
271

Sabes quantas horas passas a ver vídeos no Youtube?

De acordo com o popular serviço de vídeos da Google: os utilizadores do Youtube gastam mais de 6 mil milhões de horas por mês a ver vídeos na sua plataforma.

 

Se estas a ler isto e utilizas a internet com alguma frequência, então é provável que também sejas utilizador do Youtube – e o ‘provável’ é realmente uma hipótese elevada, já que o popular serviço de vídeos da Google, que conta com mais de mil milhoes de utilizadores activos mensais, anunciou que os seus utilizadores gastam um total de cerca de seis mil milhoes de horas por mes em visualizações de videos, qualquer coisa como 51 minutos por mês para cada ser humano no planeta.

Sabes quantas horas passas a ver vídeos no Youtube?
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
283

Dicas para escolheres o a formação superior ideal

O último ano do Ensino Médio é uma das etapas mais importantes da vida de um estudante. É sinal de que o exames aproximam-se e, com eles, a oportunidade de tomar decisões que poderão afetar todo o seu futuro.

Este momento pode ser tão empolgante quanto assustador, afinal, tens uma enorme responsabilidade em tuas mãos. Se chegaste nesta etapa sentindo-te perdido, sem saber o que queres e muito menos como decidires qual curso superior fazer.

Neste artigo, te apresentaremos 6 dicas para ajudar-te a fazer uma auto-avaliação, pesquisar melhor sobre as possibilidades disponíveis e descobrires qual é curso ideal para ti.

 

1. Analisa as tuas preferências

O primeiro passo para guiar a tua decisão é refletires sobre quais são as áreas que mais gostas. Pensa nas disciplinas que fazes atualmente: tu é do grupo dos que adoram Matemática? És um grande apreciador das aulas de História? Contas os dias para treinares as tuas habilidades nas aulas de Inglês ou Espanhol?

A partir desta análise, conseguirás saber, ao menos, qual grande área do conhecimento como as ciências humanas, exatas, biológicas, sociais ou da linguagem, encaixam-se melhor com o teu perfil pessoal. Com isto bem definido, conseguirás, no mínimo, eliminar muitas possibilidades e direcionares melhor as tuas opções.

 

2. Avalia as tuas habilidades

Identificar tuas habilidades pessoais é uma etapa tão importante quanto descobrires quais são as tuas preferências. Na hora de fazeres a “sondagem” dos cursos de licenciatura, é preciso ir além do gosto pessoal: deves considerar quais são os teus talentos, aquilo fazes bem, tuas características positivas e também as negativas, afinal de contas, o ideal é investir nos teus pontos fortes.

Na maioria das vezes, as habilidades pessoais coincidem com as nossas preferências, mas nem sempre é assim. Pode acontecer que gostes das aulas práticas de Química, por exemplo, mas tens bastante dificuldade para lidar com as fórmulas e cálculos.

Neste momento, deves pensar bem se não vale mais a pena dedicares-te a uma área que tenhas mais facilidade e, é claro, que também te dê prazer.

 

3. Pensa nas tuas expectativas e prioridades

Outro ponto importante a ser considerado na hora da escolha do curso de licenciatura é o que planeaste para o teu futuro. Para isto, é importante identificares quais são as tuas expectativas de vida e o que tens como prioridade não só no presente, mas também para o futuro.

Um bom exercício para obteres estas respostas é te questionares sobre qual é o padrão de vida que desejas ter. Pretendes ganhar dinheiro e desfrutar de uma vida luxuosa? Ou te importas pouco com bens materiais e desejas apenas teres conforto e alguma estabilidade? Estás disposto a sacrificar as tuas preferências pessoais por uma carreira com maior retorno financeiro?

É necessário lembrar que, enquanto algumas profissões são mais valorizadas no mercado e pagam salários mais altos, outras têm rotinas mais tranquilas e flexíveis.

 

4. Conhece a fundo cada curso

Neste ponto, já deves ter selecionado pelo menos algumas opções de cursos de licenciatura, correcto? Então, chegou a hora de tirares o foco de ti mesmo e estudares cada uma das possibilidades de forma prática.

A internet está repleta de informações sobre os mais diversos cursos, basta uma boa pesquisa nos grandes buscadores para encontrares sites e blogs com detalhes de cada um deles, como a duração, as áreas de atuação e a grade curricular.

Outra boa maneira de saberes mais sobre os cursos que desejas fazer é participando das feiras de profissões que são promovidas por algumas instituições de ensino. Neste tipo de evento, é possível assistires palestras ministradas pelos coordenadores e professores dos cursos em questão, conheceres mais sobre a abordagem da instituição e tirares dúvidas diretamente com eles.

 

5. Estuda o mercado de trabalho

Como mencionamos nos tópicos anteriores, a escolha do curso ideal não se baseia simplesmente em gosto pessoal. As questões práticas também devem ser consideradas, e a situação do mercado de trabalho é um ponto que tem bastante peso.

A internet também é uma boa aliada para descobrires como anda o mercado, qual é a demanda por profissionais, a média de horas trabalhadas e a faixa salarial, por exemplo.

Você também pode conversar com parentes e conhecidos que já actuam na área para descobrires mais sobre o dia a dia da profissão, quais são as vantagens e os principais desafios, tanto para quem está no início da carreira quanto para aqueles que já estão consolidados profissionalmente.

 

6. Faz testes vocacionais

Se chegaste até aqui e ainda não conseguiste tomar uma decisão sobre o melhor curso de superior para ti, nossa dica final é procurares um bom teste vocacional para auxiliar-te a ter mais autoconhecimento.

Existem inúmeras opções de testes vocacionais, muitos deles disponibilizados gratuitamente na internet ou até mesmo pelas instituições de ensino. Faz uma pesquisa em sites confiáveis e conversa e pede a orientação da equipe pedagógica da tua escola, se for o caso.

Outra opção é buscares ajuda de profissionais especializados em orientação vocacional, como psicólogos, psicopedagogos e coachs. Eles farão um trabalho personalizado e mais aprofundado, o ajudando a identificar as tuas características pessoais, preferências e habilidades que influenciarão na escolha do curso ideal para ti.

Esperamos que as nossas dicas de hoje possam te ajudar a direcionar a tua escolha para que tu tomes a melhor decisão para o teu futuro. Mas não te esqueças: nada na vida é definitivo e, caso faças uma opção equivocada, sempre há tempo para voltares atrás e escolheres um curso superior novamente.

Então, não tenhas medo de mudar de ideia caso descubras que o que escolheste não é exatamente o que esperavas.

 

Dicas para escolheres o a formação superior ideal
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
1k

Como apagar vários contactos no iPhone de uma só vez?

De forma nativa o iOS não permite que se apaguem múltiplos contactos , para tal temos de entrar individualmente em cada um deles e seleccionar a opção de eliminar.

Para nos ajudar nessa tarefa dolorosa, temos uma aplicação que nos ajuda a seleccionar múltiplos contactos para os eliminarmos de uma só vez. A app que se pode encontrar gratuitamente na App Store chama-se “Groups“. O utilizador vai poder eliminar de todos os contactos duplicados no seu iPhone de uma forma simples e eficaz.

Muitas vezes os contactos duplicados surgem quando adicionamos contas de outros serviços. O iCloud é uma ajuda fundamental para nos ajudar a apagar os contactos mais facilmente, mas vamos utilizar o Groups que nos ajuda a fazer isso pelo próprio iPhone. O Groups é extremamente fácil de utilizar, é apenas um pouco irritante as publicidade que surgem no meios dos contactos.

Vamos lá a ver como funciona o Groups:

  1. Primeiro de tudo tens de ir à App Store para fazeres o download da app;
  2. Depois de instalado tens de abrir a app;
  3. Quando te for solicitada a autorização de segurança para o Groups poder aceder aos contactos, só tens de autorizar;
  4. Depois entras na app, tens de seleccionar “All Contacts”, para conseguirmos aceder à listagem de todos os contactos existentes na tua agenda;
  5. Seguidamente tens de seleccionar as opções que se encontram duplicadas;
  6. Depois de teres os contactos todos seleccionados tens de (no topo), escolher a opção que pretendes, neste caso é o “Delete contacts”;
  7. Para finalizar tens de confirmar a opção com o “remove from my iPhone“.

É apenas isto, nada mais. O melhor de tudo é que é gratuito.

Como este programa existem centenas deles, mas o Groups é o mais intuitivo e fácil de utilizar.

 

 

 

 

Como apagar vários contactos no iPhone de uma só vez?
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
545

O que fazer quando tens que voltar para casa dos teus pais depois de terminar a faculdade?

Para muitos jovens, a primeira saída de casa dos pais acontece quando vão fazer a faculdade. Por vezes, fixam-se numa cidade diferente daquela onde cresceram. No entanto, para cada vez mais jovens, esta saída nem sempre é definitiva. Muitos regressam a casa dos pais depois de finalizarem o curso, o que os obriga a algumas alterações no estilo de vida a que estavam habituados. Saiba o que fazer quando tem que voltar para casa dos pais depois da universidade.

 

1.  Saiba com o que contar em termos financeiros.

Se, durante o tempo em que viveste fora de casa, vivias da mesada paga pelos teus pais, fala com eles acerca de como vai ser depois do regresso a casa. Se eram eles que pagavam as despesas relacionadas com o alojamento, agora que estás de volta a casa é sensato receber menos do que antes, uma vez que terás menos gastos.

 

2. Define objetivos e traça planos.

Encara o regresso como algo temporário e aproveita para definir o que vais fazer a seguir. Para te manteres motivado, é importante definires uma data de saída (mesmo que depois não a cumpras), nem que seja apenas para ti. No entanto, seja realista e evita sair antes de ter a certeza de conseguires ter independência financeira.

 

3. Procura trabalho activamente.

Não aproveita o regresso a casa para tirares umas férias por tempo indeterminado. Nos primeiros dias após o fim do curso, podes e deves aproveitar para descansar, mas continue atento às ofertas de trabalho que possam aparecer. Atualiza o teu currículo e começa a procurar trabalho de forma pró-activa o mais rapidamente possível.

 

4. Começa a pagar o empréstimo-estudante.

Durante o período de procura de emprego, mesmo enquanto viveres da mesada dos teu seus pais, faz a gestão do teu dinheiro de modo a começares a pagar o eventual empréstimo-estudante. Não espera até teres um salário para começares a reembolsar a dívida, mesmo que apenas consigas fazer pequenas amortizações.

 

5. Começa a poupar.

Do mesmo modo que não deves esperar por um futuro salário para vires a reembolsar o empréstimo-estudante, também não deves adiar o início das poupanças. Mais vale poupares pouco do que não poupares nada. Lembra-te de que vais precisar do dinheiro acumulado quando voltares a sair de casa.

 

6. Define fronteiras.

Depois de passares algum tempo apenas a depender de si próprio, pode ser difícil voltar ao convívio com a família e teres de cumprir os horários familiares. Se antes não precisava de avisares se jantava, agora deve fazer. Se, entretanto o teu quarto já tinha sido utilizado para outras funções, mostra-te compreensivo, mas não hesita em explicar de forma calma e ponderada que gostarias de voltar a ter o teu espaço e a tua privacidade.

 

 

O que fazer quando tens que voltar para casa dos teus pais depois de terminar a faculdade?
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
219

4 Aplicações gratuitas para criares fotografias inéditas

A fotografia é o principal atractivo dos smartphones actualmente. As câmaras estão cada vez mais evoluídas e as marcas oferecem softwares mais desenvolvidos, preparados para disparar, editar e partilhar.

Mas existem softwares extras que podem elevar ainda mais a qualidade das tuas fotografias e é deles que hoje vamos falar.

 

1.   Snapseed:

Snapseed é uma das melhores aplicações para edição de imagem no segmento mobile, sendo que é suportada pela Google. Está disponível para Android e iOS de forma gratuita, oferecendo opções de edição avançadas, ao nível de um software profissional.

 

OPÇÕES E FUNCIONALIDADES
  • Aperfeiçoar:utiliza esta função para efectuar ajustes automáticos, permitindo correções instantâneas.
  • Detalhes:realça os detalhes com uma melhoria tradicional da nitidez ou com o controlo de estrutura exclusivo que destaca o tema da foto.
  • Recortar e rodar:recorta imagens para formatos padrão ou recorte livremente; rode a 90°, endireite ou rode livremente conforme pretenderes.
  • Transformar:ajuste a perspetiva em eixos verticais e horizontais e, em seguida, preencha as áreas vazias após a rotação.
  • Pincel:aplica efeitos de forma seletiva a partes de uma imagem.
  • Reparar: remove poeira e sujidade da imagem sem deixar vestígios.
  • Vinheta:ajusta o brilho ao redor do tema de uma imagem; inclui um controlo para posicionar o efeito livremente.
  • Filtros profissionais:Efeito esbatido, Brilho Glamour, Contraste de tons, Panorama HDR, Drama, Vintage… e muitos mais.

 

2. Glitch

Glitch! é uma app para Android que permite transformares as tuas imagens e fotos de uma forma profunda e sempre diferente, com base num conjunto de filtros, que simulam falhas electrónicas com que todos nós já nos deparámos, dando um ar contemporâneo às imagens.

A app não permite fazeres os ajustes típicos já enunciados acima mas, escolhendo o filtro pretendido, com um simples toque no ecrã poderás criar uma imagem baseada no mesmo.

 

 

Todas as imagens criadas podem ser gravadas na galeria do smartphone ou partilhadas diretamente nas suas redes sociais. A Glitch é uma aplicação gratuita, mas que dispõe de uma série de outros filtros e opções numa versão paga.

 

3. Foodie

Para quem gosta de fotografar comida, esta pode ser a app que procura. Foodie conta com mais de 30 filtros para aplicares durante a captura da imagem (foto ou vídeo) ou para aplicares posteriormente, a qualquer foto da galeria.

Depois de captadas e aplicados os filtros pretendidos, existe a possibilidade de partilhar a imagem diretamente nas redes sociais.

 

4. Adobe Photoshop Express

Sim, pode ter o tão afamado Photoshop no teu smartphone. A Adobe disponibiliza para as 3 principais plataformas móveis um editor de imagem bastante completo que no final permite partilhá-las pelas redes sociais.

OPÇÕES E FUNCIONALIDADES
  • O bárico:Cortar, corrigir, girar e virar fotos. Eliminar olhos vermelhos e olhos brilhantes.
  • Correção automática:ajustar com um toque o contraste, a exposição e o equilíbrio de branco.

 

 

Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
474

6 dicas de como te comportares no teu primeiro estágio

O primeiro estagio é o passo inicial na carreira de muitos jovens. É o momento em que esse novo profissional pode começar a colocar em prática todos os conhecimentos adquiridos na graduação, além de estabelecer os primeiros contactos com o mundo corporativo.

Mas por ser algo desconhecido, o nervosismo e a ansiedade costumam estar presentes nesta etapa, mesmo depois de passar pela entrevista. Confere algumas dicas de como te comportares no teu primeiro estágio:

 

  • Pesquisa sobre a empresa com antecedência

Antes de iniciares na companhia é fundamental ter um conhecimento prévio sobre sua história, produtos, cultura, entre outras informações. Este tipo de preparo te deixará muito mais confiante e familiarizado com a organização. Além disso, pode ser uma ótima maneira de estabelecer conversas com as pessoas, logo nos primeiros dias, tornando a adaptação muito mais fácil.

 

  • Seja pontual

Comprometimento é algo muito valorizado pelos gestores e colegas de trabalho, sendo assim, principalmente no primeiro dia, é importante causar uma boa impressão. Sai de casa com antecedência e faz todo o caminho tranquilamente. Caso chegues cedo demais na empresa, podes tomar um café da manhã pela redondeza ou até mesmo aguardar, lendo um livro, por exemplo. O importante é estares na organização no horário combinado.

 

  • Demonstra simpatia e interesse

Desde o primeiro momento é importante ser simpático com todos que se apresentarem e demonstrar interesse por tudo o que for falado. É neste momento que tu irás conhecer o espaço e as pessoas com quem irás trabalhar e conviveres diariamente. Procura interagir e falar um pouco sobre ti também, causando um impacto positivo logo neste contato inicial.

 

  • Aposta na discrição

Principalmente nos primeiros dias é importante observares como é o dia a dia na companhia e como as pessoas costumam se relacionar. Esta é uma dica essencial para aprenderes de como te comportares no primeiro estágio!

Mesmo que tenhas um perfil menos contido e bastante comunicativo, é indicado que tomes alguns cuidados para não destoares-te do ambiente corporativo. Cumprimentar e conversar com os colegas é algo extremamente positivo, mas o equilíbrio, principalmente quando estiveres dentro da empresa, é fundamental.

 

  • Entende a tua função na empresa

Procura, logo no início, compreenderes como funciona a tua área e, principalmente, qual é o teu papel na companhia. Além disto, é preciso saberes quais devem ser os teus prazos de entregas de cada um dos projetos. Procura te organizares e tirar todas as dúvidas. A partir daí tu já pode iniciar o teu trabalho, sempre atento ao cronograma estabelecido.

 

  • Esteja disposto a aprender

O que a empresa espera do novo estagiário? O aprendizado sempre será um ponto citado. Todos os dias serão oportunidades para isso, estão esteja sempre aberto para receber novas orientações, conhecer outras informações e ser envolvido em novos projetos.

Quanto mais tu demonstrares interesse e estiveres disposto a aprender, melhor será o teu envolvimento com a área e com a companhia, de modo geral. Nesta etapa, ouvir mais do que falar é um ponto que não deve ser esquecido.

 

 

Agora que  já sabes como te comportares no teu primeiro estágio, que tal partilhares este artigo com outros colegas?

 

6 dicas de como te comportares no teu primeiro estágio
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
1k

Sabes como remover a tua localização do Instagram?

O Instagram é actualmente uma das redes sociais de maior expansão mundial. Com um número de utilizadores crescente a cada dia que passa, a rede social das fotografias é hoje em dia parte do dia-a-dia de milhares de portugueses.

Um pormenor que por ventura os utilizadores podem não reparar, é que todas as fotografias colocadas no Instagram, por norma (e caso tenham os serviços de localização ligados), revelam a localização onde foram retiradas numa pequena plataforma chamada “Photo Map”, acessível na conta de qualquer utilizador.

De forma a que a localização das fotografias não seja de ordem pública ou não surja de todo, o utilizador terá de seguir alguns simples passos, que passarei a enunciar em baixo.

 

1 – Acede ao Photo Map

Para tal, é necessário que em primeiro lugar ao abrires a aplicação do Instagram no teu smartphone, acede ao teu perfil pressionando o ícone em forma de pessoa, situado no canto inferior direito da aplicação. De seguida irão surgir quatro símbolos imediatamente por cima das fotografias postadas, dos quais deverás seleccionar o terceiro a contar da esquerda.

O símbolo seleccionado corresponde à localização das fotografias e, ao ser pressionado, leva o utilizador até ao dito Photo Map.

 

2 – Edita a visibilidade das fotografias

 No ecrã correspondente ao mapa das fotografias, no canto superior esquerdo do ecrã está um ícone correspondente a umas reticências verticais, qual deverás pressionar e por conseguinte escolheres a opção “Editar”. De seguida, pressiona o grupo de fotografias visível no mapa.

 

3 – Desmarca as fotografias que desejas

Após teres pressionado o grupo de fotografias no mapa, o ecrã que se segue corresponderá à visualização de todas as fotografias em forma de grelha, onde deverás confirmar a presença de um “certo” verde colocada em cada uma delas no seu canto superior direito. A presença deste “certo” é o que confirma a disponibilização da localização das tuas fotografias.

Podes desmarcar uma a uma, ou desmarcares todas ao seleccionar a opção “desmarcar todas” situada na parte inferior esquerda do ecrã.

NOTA: Ao desmarcares uma fotografia do mapa, os dados relativos à localização desta mesma fotografia serão permanentemente apagados do teu perfil.

 

 

 

Sabes como remover a tua localização do Instagram?
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
199

4 maneiras de encontrares motivação para terminares a faculdade

A formação superior é uma grande conquista. Cada vez mais estudantes moçambicanos vão para as universidades e obtêm diplomas que abrem inúmeras portas no mercado de trabalho. Conquistar esta vitória, no entanto, também é um desafio de dedicação e esforço diários. Se tu estas desanimado, sem motivação para ir para a faculdade ou nem sabes se vais fazer um curso superior, não desista!

Slider

1. TERMINAR O QUE COMEÇOU: Tu podes estar na faculdade por diversos motivos: vontade dos pais, oportunidade no trabalho ou simplesmente por que achas que este é o passo óbvio a ser dado depois do ensino médio. Independentemente da razão, tu estas na universidade, já iniciou o teu curso. Esta é a etapa básica, primordial, para conseguires terminar. Mesmo que suas razões não sejam muito claras, começar o que terminou já é uma justificativa suficiente para te esforçares mais.

2. DIVERSIDADE DE ATUAÇÃO: O ensino superior abre as portas para oportunidades inesperadas de fazer aquilo que tu realmente gostas. Ele dá liberdade suficiente para que tu escolhas, dentro da mesma profissão, diversos campos diferentes de atuação. Com um único diploma tu tens a chance de fazer diferentes coisas e se sentir realizado em cada uma delas.

3. FAZER O QUE REALMENTE AMA: A escolha do curso é o passo inicial para fazeres aquilo que tu realmente amas. A partir de tuas preferências, desejos, objectivos e inclinações naturais, tu escolhes a profissão que mais se encaixa com o teu perfil. A graduação é, portanto, a formalização desse sonho.

4. REPRESENTA UMA ENORME CAMINHADA: Um diploma é muito mais do que um pedaço de papel. Ele representa anos de esforço nos estudos, desde os primeiros anos de alfabetização, de lágrimas, falhas, suor e trabalho árduo. Não foste apenas tu que lutaste por esta conquista, mas também os teus pais ou responsáveis, que estiveram ao teu lado para possibilitar esta vitória.

1 de 5
  • 4 maneiras de encontrares  motivação para terminares a faculdade - image 1
  • 4 maneiras de encontrares  motivação para terminares a faculdade - image 2
  • 4 maneiras de encontrares  motivação para terminares a faculdade - image 3
  • 4 maneiras de encontrares  motivação para terminares a faculdade - image 4
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
1k