Cinco ilhas para visitar antes que elas desaparecem do mapa

A natureza sempre nos surpreende com suas belezas fascinantes, mas ao mesmo tempo é completamente mutável, podendo surpreender-nos com coisas devastadoras. Com o nível do mar cada vez mais alto, algumas ilhas do Pacífico Sul estão a desaparecer. Os moradores morrem desprevenidos ou acabam por ter de se deslocar após cansaço de lutar pela sobrevivência.

Estudos apontam que os arquipélagos podem sumir até o final do século. As marés altas provocam estragos na região, inundando casas, espalhando lixo e provocando queda das árvores. O motivo de tudo isso chama-se aquecimento global, já que as geleiras estão a derreter e consequentemente elevando o nível da água, que pode subir 59 centímetros até 2100.

Ilhas do Oceano Índico também sofrem com o mesmo problema, sendo que em 2010 uma ilha no Golfo de Bengala desapareceu sem deixar lembranças. Se ainda queremos conhecer estes lugares, é melhor corrermos contra o tempo. Confira abaixo quais são as próximas ilhas em extinção:

Slider

Maldivas: Destino turístico, o arquipélago pode desaparecer em até 100 anos. Isso porque o nível do mar de 80% de seu território, formado por mais de 1000 ilhas, está a apenas a um metro do solo. O governo da capital Malé já está a tomar providências para transferir os habitantes da segunda ilha mais populosa do mundo para a Austrália, Sri Lanka e Índia.

Tuvalu: Entre o Havai e a Austrália, as nove ilhas de Tuvalu estão, assim como as Maldivas, a apenas um metro acima do nível do mar. Com inundações constantes e agricultura prejudicada, a população do quarto menor país do mundo já está a busca de refúgio, oferecido pela Nova Zelândia.

Grande Barreira de Corais: Formada por mais de 600 ilhas, 300 atóis e aproximadamente 3 mil recifes, o rico ecossistema da Grande Barreira de Corais torna o paraíso ainda mais completo. Pertencente ao estado de Queensland, na Austrália, a ilha sofre não só com o aumento no nível do mar, como com a poluição e o aquecimento que estão a matar os corais.

Seychelles: O arquipélago composto por 115 ilhas já está com 50% de seu território protegido por leis ambientais, a fim de manter a fauna e a flora preservadas. Apesar de estar com o mesmo problema das demais ilhas, Seychelles tem se focado no turismo sustentável para tentar sobreviver por mais tempo.

Kiribati: Próxima à Tuvalu, Kiribati tem 33 ilhas paradisíacas no seu território que em pouco tempo serão engolidas pelo mar. A agricultura do local já está improdutiva devido a salinização do solo; o governo já está a tomar medidas para transferir a população para a ilha vizinha. Pode ser que a ilha sobreviva por menos de 50 anos, que passam bem rápido.

1 de 5
  • Cinco ilhas para visitar antes que elas desaparecem do mapa - image 1
  • Cinco ilhas para visitar antes que elas desaparecem do mapa - image 2
  • Cinco ilhas para visitar antes que elas desaparecem do mapa - image 3
  • Cinco ilhas para visitar antes que elas desaparecem do mapa - image 4
  • Cinco ilhas para visitar antes que elas desaparecem do mapa - image 5
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
2k