Drift Trikes: adrenalina, emoção e aventura.

O que é um drift trike?

Drift Trikes são triciclos construídos para fazer drift, ou seja, derrapar de lado. O drift é mais famoso com carros, mas ganhou espaço em duas rodas. Ou melhor, em três.

Os pilotos utilizam seus trikes e realizam um Downhill, principalmente em descidas com curvas, onde podem realizar os drifts, 360° (volta no próprio eixo), andar sobre duas rodas ou até mesmo em apenas uma (RL Wheeling, quando o piloto anda somente com a roda dianteira). Além disto, outras manobras, inclusive algumas de BMX e Motocross, também são praticadas, porém, exigem a colocação de uma rampa no trajecto.

Há duas principais categorias de disputas entre os pilotos. Uma delas avalia quem faz melhor os drifts, enquanto a outra categoria (que os pilotos denominam Speed) cronometra quem chega primeiro no fim do percurso.

 

Origem e construção

Os Drift Trikes foram inventados na Nova Zelândia por jovens que utilizaram peças de bicicletas usadas para reformular triciclos infantis, reforçando e deixando eles “derrapantes”. Começaram a aparecer na internet no ano de 2008 e logo ganharam popularidade no mundo todo, o que levou algumas empresas a se interessarem na sua fabricação.

Os Drift Trikes parecem uma mistura de carrinho de rolamento com um triciclo infantil e bicicleta de BMX. A parte dianteira é constituída por peças de bicicletas para BMX. A parte traseira é composta de um banco em forma de concha e rodinhas plásticas, que derrapam facilmente no asfalto.

A rigidez do material das rodas define a facilidade com que elas derrapam, quanto mais duro o material mais fácil o trike “drifa”. As rodas são fabricadas com PVC, Nylon e outros materiais com pouca aderência em asfalto. Elas podem ser fabricadas em diferentes níveis de rigidez, dependendo da tração que o piloto deseja. Muitos pilotos usam rodas de kart, e dizem que são muito eficientes.

Já o quadro é adequado para a modalidade, geralmente construído com um entre-eixos de 95-115 cm utilizando cromo ou alumínio. As rodas traseiras não podem estar muito afastadas uma da outra, senão fica difícil fazer o trike drifar.

Os travões são opcionais. Muitos pilotos preferem usar o travão conforme for a pista, controlando a velocidade com manobras, mas os travões são recomendados, já que o trike é usado numa descida. A maioria dos Drift Trikes não possuem pedais, apenas pedaleiras para ajudar a controlar o trike com os pés.

Para chegarem ao topo das descidas os trikes são rebocados ou transportados por um veículo motorizado. Mas já existem também trikes motorizados (elétricos e a combustão) que até não precisam descidas para derrapar.

 

Drift trikes artesanais

Muitos pilotos fabricam seu trike em casa, utilizando tubos de alumínio e cromo soldados para montar o quadro, comprando o resto dos componentes. Assim os trikes podem ser customizados, escolhendo o formato e desenho do quadro, ângulo de ataque da roda dianteira, tamanho das rodas, instalação de travões, pintura e outras características. Muitos vídeos e páginas na internet mostram a construção de trikes passo-a-passo.

Mesmo se não puderem ser construídos em casa, os trikes podem ser montados e customizados conforme o gosto do piloto. Muitas empresas fornecem peças importantes como quadro, banco e rodas traseiras em separado. As possibilidades de construção e customização são praticamente infinitas.

Alguns pilotos colocam acessórios nos trikes para torná-los únicos, como bandeiras, bancos com encosto, guidões estendidos e muitos outros.

 

Cuidados ao pilotar um drift trike

Drifar um trike também exige alguns cuidados. Estes triciclos geralmente são usados em vias públicas, portanto, todo cuidado é pouco.
Quem tem cabeça usa capacete! Para fazer drift com triciclos os capacetes fechados são os mais indicados. Como os trikes podem atingir velocidades altas – chegando até a 70 km/h, usar joelheiras, cotoveleiras e luvas é muito recomendado.

Calçados fechados também são sugeridos, pois o contato dos pés com o asfalto em alta velocidade pode causar ferimentos. O uso de capacete fechado e com viseira, luva e macacão de couro, caneleira e protetor de coluna, é muito importante para a sua pratica.

Como é praticado em vias públicas, os pilotos de Trike não são os únicos a utilizar a rua. Isso exige atenção e cuidado com outros veículos, ou acidentes graves podem acontecer. O melhor é escolher lugares com o mínimo de tráfego possível.

Sempre verifique o equipamento antes de praticar. Verificar se os travões estão bons e se todas as peças estão instaladas correctamente e os parafusos apertados com torque certo.

É importante evitar asfaltos mal conservados, esburacados ou muito irregulares. Durante a derrapagem, as rodas podem travar em algum buraco ou irregularidade e causar acidentes, além de danificar o triciclo. Asfalto molhado aumenta a facilidade de derrapar, mas também a de ocorrer acidentes graves.

 

Drift Trikes: adrenalina, emoção e aventura.
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
218