Publicar com tag "lam"

13

Total Publicar

Dicas para viajares de avião com o teu filho

Antes mesmo das férias começarem, a primeira coisa a fazer-se quando se vai viajar de avião com crianças, independentemente da idade, é certificares-te de que ela não esteja doente. Com a criança doente, tudo fica um pouco pior. Se ela estiver resfriada, vai sentir mais dor no ouvido quando o avião pousa, os pequenos tendem a chorar mais quando estão doentes, o que pode atrapalhar os outros passageiros.

Para evitares problemas com outros passageiros, procure dar preferência aos horários em que o teu filho durma mais. Os pais devem respeitar o ritmo da criança. Os voos nocturnos são ideais. Vê aqui 9 dicas para viajares de avião com elas:

Slider

1. Em voos de duração mais longa, prefira os horários nocturnos .

2. Certifica-te de levares a o Bilhete de Identidade, a certidão de nascimento e o passaporte das crianças.

3. Verifica se a companhia aérea oferece comida especial e um berço desmontável . Se sim, solicita com alguns dias de antecedência.

4. Usa uma mochila com os apetrechos da criança (beberon, fraldas, mudas de roupa): além de deixares as mãos livres, a mochila pode ser colocada no colo, e evita que tu tenhas que te levantar para pegá-la no bagageiro

5. Leva a criança no pediatra um pouco antes da viagem. Se ela estiver com algum tipo de doença que deixa o nariz constipado, evita levá-la no avião. Esta condição pode aumentar a dor no ouvido durante a aterragem.

6. Se a criança é de colo, procura ficar no primeiro assento , pois tens mais espaço para os pés. Se ela for maior, prefira os assentos em que o apoio de braço levanta, assim a criança poderá deitar no teu colo.

7. Evita dar cafeína ou chocolate para as crianças antes do vôo. São substâncias que deixam as crianças mais agitadas.

8. Para o entretenimento, leva brinquedos pequenos e que não façam barulho . Livros ilustrados, aparelho de DVD portátil ou MP3 player são boas medidas para divertires as crianças mais velhas – sempre com auriculares (phones), nos dois últimos casos.

9. Na hora da aterragem, dá a criança algo para mastigar. Se ela for de colo, dá algo para ela sugar. Ambas acções diminuem a dor de ouvido.

1 de 5
  • Dicas para viajares de avião com o teu filho - image 1
  • Dicas para viajares de avião com o teu filho - image 2
  • Dicas para viajares de avião com o teu filho - image 3
  • Dicas para viajares de avião com o teu filho - image 4
  • Dicas para viajares de avião com o teu filho - image 5
  • Dicas para viajares de avião com o teu filho - image 6
  • Dicas para viajares de avião com o teu filho - image 7
  • Dicas para viajares de avião com o teu filho - image 8
  • Dicas para viajares de avião com o teu filho - image 9
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
1k

Dicas essenciais para enfrentares um aeroporto

Ah, o aeroporto – um verdadeiro formigueiro de pessoas em épocas festas de fim de ano, de férias e promoções de viagens de avião. Longas filas de embarque, refeições caras, café nem tão bom assim e internet cara (quando existe). Quem nunca passou apuros num aeroporto? Quem nunca ficou perdido entre as placas indicadoras de “é ali” ou “é por lá” e de tanto caminhar já estava sem rumo da porta correcta de embarque?

Para chegarmos onde queremos ir, temos que superar estes desafios e muitos outros que possam surgir antes mesmo de entrarmos no avião.

Confere as dicas essenciais para enfrentares um aeroporto e tornares as tuas viagens um pouco menos frustrantes e impacientes:

Slider

1. FICA PERTO DA ÁREA DE ATENDIMENTO DE EMBARQUE DA CLASSE EXECUTIVA: A fila de voos de classe executiva é bastante vazia na maior parte do tempo e se ficar sem ninguém por muito tempo, os funcionários da companhia aérea vão começar a formar fila com as pessoas da fila dos voos da classe económica. Isso fará com que agilize as longas e intermináveis filas da classe económica.

2. FAZ AS MALAS COM ESTRATÉGIA: Tu sabes que os funcionários do aeroporto irão procurar os teus dispositivos eletrónicos separadamente, então certifica-te que eles poderão facilmente ser retirados da tua mala. Ficar por baixo das cuecas e calcinhas é, literalmente, o pior lugar para o teu laptop estar nesta situação. O mesmo vale para sacos zip-lock com líquidos – certifica-te que tu podes tirá-los da tua bagagem rapidamente.

3. ESCOLHA A FILA DA ESQUERDA: Alguns estudos sugerem que a maioria das pessoas são destras no mundo, logo elas vão instintivamente pegar filas do lado direito. Isto significa que, normalmente, há menos pessoas nas filas da esquerda. A menos que tu tenhas o azar de estar numa fila com muitas pessoas que já ouviram falar desta dica, tu podes facilmente ganhar algum tempo na área de triagem do aeroporto.

4. CONHEÇA AS REGRAS: Pode ser uma adaga cerimonial do século XV para ti, mas para a segurança do aeroporto, é um objecto de metal afiado. Certifica-te de que tu estás familiarizado com as regras sobre o que pode e o que não pode ser levado a bordo de uma aeronave. A maioria destas regras são bastante universais, mas parece que as pessoas ainda se esquecem de que recipientes com líquidos acima de 100 ml são inaceitáveis a bordo.

5. ESVAZIA OS BOLSOS: Nada desperdiça mais tempo do que te atrapalhares com aquelas moedas dos trocos do café antes de passares pelo detector de metais. Tu estás na fila por segurança, então tira tudo o que tiveres dos bolsos (até aquelas guloseimas) que não seja absolutamente necessário nesse momento. Mantenha as tuas chaves e moedas na bagagem de mão até que tu já tenhas passado pela verificação de segurança.

6. A TUA PORTA DE EMBARQUE É O TEU CASTELO: Para obteres as informações mais actualizadas sobre o voo, vai para a tua porta de embarque logo que for anunciado. Não é que as grandes telas de informação são imprecisas, mas a porta de embarque tem sempre a melhor informação. É também mais fácil e mais rápido para enfrentares atrasos inesperados e mudanças repentinas de portas – e estas acontecem.

7. USA AURICULARES (PHONES DE OUVIDO): Auriculares são essenciais se tu quiseres assistir um filme ou escutar música sem atrapalhares os demais. Contudo, usar os auriculares todo momento pode desligar a tua atenção e fará com que tu te distraias e perderes alguns anúncios importantes, como mudança de voo ou alteração na porta de embarque.

8. EXERCITA-TE (OU ALGO DO TIPO): Algumas pessoas tem uma rotina digamos diferente – usam os períodos de espera mais longos dos voos para preencher as suas actividades físicas diárias andando para cima e para baixo, explorando todo o aeroporto. Além do exercício, pode ser uma boa opção se tu não estás a fim de ler, escutar músicas ou fazer outras actividades. Sem contar que conhecer todo o aeroporto em longos tempo de espera pode salvar-te caso tu tenhas algum imprevisto de última hora.

9. NÃO TE APRESSES NA PORTA DE EMBARQUE: Tu tens o teu assento marcado e o avião não partirá sem ti. Algumas pessoas gostam de formar fila alguns segundos depois que um funcionário da companhia aérea aparece na área de embarque, mas tu deves saber que o anúncio do embarque para o voo não é assim tão de imediato. Se tu relaxares e esperares até que a fila comece a esvaziar-se, tu podes usar o tempo extra para responder alguns e-mails importantes ou terminares algum detalhe de um trabalho.

10. SER O ÚLTIMO A EMBARCAR NO AVIÃO: Quando tu és o último a embarcar no avião e se a aeronave não está cheia, tu podes ter a possibilidade de conseguir um lugar melhor. Se tu tens um assento próximo a casa de banho, vê se há assentos disponíveis e busca um melhor em outro lugar. Ah, e se tu queres ostentar e tentar uma primeira classe, mesmo tendo um bilhete de classe económica, treina a tua cara de coitado e testa as tuas habilidades de convencimento e persuasão para obteres um upgrade para primeira classe! Fica a dica...;-)

1 de 5
  • Dicas essenciais para enfrentares um aeroporto - image 1
  • Dicas essenciais para enfrentares um aeroporto - image 2
  • Dicas essenciais para enfrentares um aeroporto - image 3
  • Dicas essenciais para enfrentares um aeroporto - image 4
  • Dicas essenciais para enfrentares um aeroporto - image 5
  • Dicas essenciais para enfrentares um aeroporto - image 6
  • Dicas essenciais para enfrentares um aeroporto - image 7
  • Dicas essenciais para enfrentares um aeroporto - image 8
  • Dicas essenciais para enfrentares um aeroporto - image 9
  • Dicas essenciais para enfrentares um aeroporto - image 10
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
1k

10 itens para não esqueceres antes de fazeres as malas para uma viagem internacional

Alguns itens merecem atenção especial antes de fazeres a tua mala e embarcares para outro país. Caso tu deixes tudo para a última hora a tua viagem pode ficar comprometida com facilidade antes mesmo de embarcares. Mas nós vamos dar-te boas dicas para que tudo corra bem.  Anota:

A melhor fonte na montagem desse checklist é o livro Viajante Chic, de Gloria Kalil, que fala tudo sobre viagens para que você não tenha problema algum. Tomas Perez, presidente da agência Teresa Perez Tours, também deu sua contribuição vailosa. Anota:

Slider

1. MAPAS: Providenciar mapas de papel é essencial em qualquer viagem, assim não ficamos a depender do telemóvel se a bateria acabar. Mapas tradicionais também são óptimas lembranças de viagem, mas nada supera a praticidade dos aplicativos do telemóvel, que permitem traçar as rotas e planear melhor cada trajecto.

2. CLIMA LOCAL: Saber sobre o clima é essencial na hora de montares a mala. Consulta sites ou aplicações que dão a previsão para os dias que tu estarás no país e tenhas uma boa noção sobre possíveis “catástrofes naturais” que possam acontecer – , época de inundações e etc..

3. VERIFICA A VALIDADE DO PASSAPORTE: Diversos países não permitem a entrada quando faltam menos de seis meses para ele expirar, como os Estados Unidos. Na Europa, 26 países não aceitam o documento com menos de três meses de validade, entre eles estão Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, França, Grécia, Holanda, Portugal, República Checa, Suécia e Suíça.

4. DOCUMENTOS NA IMIGRAÇÃO: Em viagens internacionais, no sector de imigração, pode haver a necessidade de mostrares outros documentos e informações - como cartão de crédito, passagem de volta ao país de origem, reserva em hotel e seguro de viagem internacional. Deixa tudo isso na tua bagagem de mão, em uma pasta.

5. HÁBITOS E LÍNGUA LOCAL: Tenha um guia do país que tu vais visitar. Além de saber tudo sobre o lugar e locais para visitares é uma boa alternativa para saberes sobre hábitos como a siesta dos europeus, o feriado aos sábados (sabá) em Israel, hábitos alimentares e restrições religiosas e culturais de cada um. Leva também um dicionário do idioma para consultares frases básicas. É uma mão na roda.

6. CONTACTO DA EMBAIXADA E CONSULADO: Tenha a mão o endereço e telefone da embaixada e consulados moçambicanos no teu país de destino. Pode ser útil em caso de emergências e problemas com documentos.

7. VACINAS: Muitos países exigem o Certificado Internacional de Vacinação contra determinadas doenças, como a Febre Amarela em vários países asiáticos. Esta vacina precisa ser tomada pelo menos 11 dias antes da viagem, portanto é importante te informares a respeito em tempo hábil.

8. RESTRIÇÕES DE BAGAGEM: É preciso ficar atento ao transporte de alguns itens na bagagem por terem a entrada proibida ou restrita em outros países. Voos internacionais também proíbem na bagagem de mão: objectos cortantes ou perfurantes, como canivetes, tesouras de unha e etc. (estes itens só devem ser levados na bagagem despachada). O transporte de líquidos em voos internacionais deve ser feito em frascos com menos de 100 ml para a bagagem de mão.

9. MEDICAMENTOS Os medicamentos, por exemplo, podem sofrer fiscalização, por isso é importante não esqueceres a prescrição médica e lembrares de levar (preferivelmente na bagagem de mão) os medicamentos necessários para a duração da viagem.

10. ADAPTADORES: Para recarregares o telemóvel, câmera, laptop ou outros gadgets compra um adaptador universal, acessório que pode ser usado em todas as tomadas em mais de 150 países. É possível encontrá-los em lojas online, em páginas ou grupos de vendas no facebook especializados em aparelhos eletrónicos, ou até mesmo em lojas nos aeroportos – mas neste caso eles são consideravelmente mais caros. Fica a dica...;-)

1 de 5
  • 10 itens para não esqueceres antes de fazeres as malas para uma viagem internacional - image 1
  • 10 itens para não esqueceres antes de fazeres as malas para uma viagem internacional - image 2
  • 10 itens para não esqueceres antes de fazeres as malas para uma viagem internacional - image 3
  • 10 itens para não esqueceres antes de fazeres as malas para uma viagem internacional - image 4
  • 10 itens para não esqueceres antes de fazeres as malas para uma viagem internacional - image 5
  • 10 itens para não esqueceres antes de fazeres as malas para uma viagem internacional - image 6
  • 10 itens para não esqueceres antes de fazeres as malas para uma viagem internacional - image 7
  • 10 itens para não esqueceres antes de fazeres as malas para uma viagem internacional - image 8
  • 10 itens para não esqueceres antes de fazeres as malas para uma viagem internacional - image 9
  • 10 itens para não esqueceres antes de fazeres as malas para uma viagem internacional - image 10
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
2k

9 aplicativos para telemóvel que vão deixar a tua viagem mais fácil e divertida

Depois dos smartphones, viajar ficou muito mais fácil. Talvez tu nem te lembres mas até muito pouco tempo atrás, era preciso andar pelas cidades com mapas de papel; tu tinhas que chegar em casa e descarregar as fotos da tua máquina/celular para partilhá-las com os amigos, e não podias dar uma espreitadinha no Google para saberes quem foi o arquitecto daquela catedral linda com a qual te deparaste enquanto estavas perdido pelas ruas de uma cidade qualquer.

Com o advento dos aplicativos, tudo ficou ainda mais fácil. Cada dia surgem novos apps que tem realmente transformado as viagens em experiências bem diferentes. O difícil mesmo é separar o trigo do joio e encontrar, em meio a tantas opções, apps que realmente são práticos e eficientes, e que realmente terão uma utilidade. Por isso, vamos dar-te uma ajudinha, e hoje trouxemos uma lista com 9 apps para tu usares na tua próxima viagem. Confere:

Slider

1. Kayak: é um sítio de reservas onde o utilizador pode procucar e reservar voos, hotéis, aluguer de carros e outros serviços, a um preço relativamente baixo. Entre as funções, também é possível elaborares roteiros, ver o status de voo e configurar alertas diários e semanais sobre promoções. O app é gratuito e está disponível para iOS, Android, Windows Phone e Kindle.

2.TripIt: Ver os horários de voo, rastrear reservas e outras preocupações em relação ao plano de viagem, pode ser mais fácil com a ajuda deste aplicativo. Ele acede a todas as informações do teu e-mail e em seguida cria um itinerário que inclui informações importantes sobre a viagem do utilizador, como número de reservas de hotéis e voos, horários, endereços, etc. O melhor de tudo é que todos estes detalhes, depois de adicionados, podem ser acedidos mesmo offline. O app é gratuito e disponível para iOS, Android e Blackberry.

3. Trip Advisor: Uma das maiores ferramentas da rede, o aplicativo reúne dicas, roteiros, hotéis, restaurantes e passeios, além de avaliações de pessoas que já estiveram no local, podendo ser em qualquer lugar do mundo. O utilizador tem a possibilidade de classificar as informações e também dar a sua opinião em cada página escolhida por ele. O app também auxilia-te na hora de elaborares uma lista de férias e destinos, e indica actividades para fazeres por lá. Gratuito e disponível para iOS e Android.

4. Suitcases: Fácil de usar, é o app ideal para os viajantes que exploram a natureza e não podem esquecer de levar alguns itens essenciais na mala. É possível reunir em uma lista tudo o que é necessário na mala, de acordo com viagens para acampamentos, negócios ou praia. Os itens são muitos, para que o utilizador não se esqueça de nada. Disponível apenas para iOS e actualmente custa US$ 0,99 (cerca de 55 meticais).

5. Airbnb: Este é um dos serviços mais famosos e em expansão. Através do Airbnb é possível procurares, guardar e partilhar o lugar perfeito para a estada de férias, podendo ser desde casas e flats completas ou até um pequeno quarto em um canto de uma cidade, a serem pagos por um preço normalmente abaixo da média dos hotéis. Ou seja, o objectivo é fazer com que as Guest Houses se destaquem através de uma plataforma segura e fácil de usar. Ver um itinerário, horário de voo e te comunicares com o teu host antes mesmo de chegares ao destino estão entre os destaques deste aplicativo. Disponível gratuitamente para Android e iOS.

6. MetrO: Um bom aplicativo para aqueles que amam explorar as cidades a pé, de uma maneira rápida e de baixo custo. Pelo MetrO é possível encontrares o mais barato e eficiente caminho a ser feito com transporte público, incluindo metros, comboios e e machimbombos, em mais de 400 cidades ao redor do mundo. O app permite que o utilizador faça download e guarde os mapas da cidade no celular, para então facilitar a escolha de rotas quando não houver sinal de internet. Compatível com Blackberry e iPhone, possui um óptimo ranking na Apple Store e é gratuito.

7. Fieldtrip: Com o intuito de ser um verdadeiro guia turístico, o aplicativo oferece, através de sistema de localização do Google, os locais e eventos notáveis mais próximos do utilizador, seja ele interessado em pontos históricos, bares, bons restaurantes ou aquela boa discoteca. Os pontos menos notáveis da cidade também não escapam do radar deste app, que pode levar o viajante a lugares dos mais inusitados. Disponível e gratuito para iOS e Android.

8. Jetpac City Guide: Se o Instagram já serve para mostrar alguns points de todos os lugares do mundo, o Jetpac City Guide teve uma ideia melhor ainda. O app faz uso do Insta para apurar e determinar as categorias de suas fotos, analisando se as pessoas estão a divertir-se, se são jovens, o que estão a fazer, onde estão, entre outros. Feita a curadoria em cada uma das 5 mil cidades disponíveis, criam-se então algumas categorias, divididas em listas, como “The Best View Spots” e “Hipster hangouts”, que auxiliam o utilizador no momento de escolher um lugar pra ir. Totalmente indicado para quem quer livrar-se do tédio ou até mesmo encontrar um lugar tranquilo. Disponível gratuitamente para iOS.

9. Flashlight: Pode parecer não muito útil, até o dia em que tu vais para um lugar sem energia eléctrica, ou quando a luz apaga e tu estás sozinho, sem ideia de onde conseguires uma vela ou algo do tipo. Este é um daqueles apps que a tua mãe recomendaria que tu tivesses no teu celular, afinal, vai que… O app intensifica a luz da tela e funciona realmente como uma lanterna, podendo ajudar-te nas mais diversas situações. Disponível gratuitamente para iOS.

1 de 5
  • 9 aplicativos para telemóvel que vão deixar a tua viagem mais fácil e divertida - image 1
  • 9 aplicativos para telemóvel que vão deixar a tua viagem mais fácil e divertida - image 2
  • 9 aplicativos para telemóvel que vão deixar a tua viagem mais fácil e divertida - image 3
  • 9 aplicativos para telemóvel que vão deixar a tua viagem mais fácil e divertida - image 4
  • 9 aplicativos para telemóvel que vão deixar a tua viagem mais fácil e divertida - image 5
  • 9 aplicativos para telemóvel que vão deixar a tua viagem mais fácil e divertida - image 6
  • 9 aplicativos para telemóvel que vão deixar a tua viagem mais fácil e divertida - image 7
  • 9 aplicativos para telemóvel que vão deixar a tua viagem mais fácil e divertida - image 8
  • 9 aplicativos para telemóvel que vão deixar a tua viagem mais fácil e divertida - image 9
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
1k

Inspirações para decorares a tua casa com tema de viagem

Trazer lembranças de viagens para decorar a casa é procedimento padrão de todo e qualquer viajante. Mas tu não precisas necessariamente viajar para dares um toque especial ao teu canto. Aqui seleccionamos algumas ideias que cumprem muito bem a função de aliar os temas decoração e viagem – e podem ser comprados até mesmo na loja da esquina! Vê aqui na nossa galeria:

Slider

1. GLOBOS: Para planeares o teu próximo destino nada melhor do que encheres a casa com globos diferentes e coloridos, além de lindos são mais um incentivo para procurares por novos lugares...:-)

2. MAPAS: Existe uma maneira mais divertida de usares mapas do que colocá-los na parede? Provavelmente não! Dá para usares fita dupla face ou enquadrar. O mais interessante disto é ires acrescentando os lugares que já visitaste com pins, post its ou ires colorindo mesmo. Além de que fica muito bonito!

3. CAMA: Que tal um edredom? É uma opção possível de encontrar e bem engraçada.

4. ALMOFADAS TEMÁTICAS: Para começarmos, as almofadas por si só já dão um up em qualquer decoração de uma maneira fácil, rápida, barata e confortável. Estas com temas de viagem são ainda mais apaixonantes, não achas?

5. QUADROS: Misturando mapas e quotes são boas ideias para compores a parede da sala, do quarto, da cozinha ou até do escritório.

6. MALAS: Para quem tem problemas de falta de espaço, as malas também podem servir de móvel de apoio! As ideais são as malas mais antigas para dar um ar mais vintage!

7. POSTAIS: Muitos de nós quando viajamos compramos postais não só para oferecê-los, mas também para colecciná-los. Mas qual é a graça de deixá-los numa gaveta se podemos colocá-los na parede? É só compor e colar na parede com fita dupla face, fita colorida (se quiseres que apareça) ou fazeres uma espécie de estendal que fica a coisa mais linda...:-) mundo.

8. SOUVENIRS: As lembrancinhas de viagens também são clássicos! Tem como não trazeres uma miniatura da Torre Eiffel, da Estátua da Liberdade ou uma caneca diferente? Claro que não! E há quem tem o vício de guardar moedas, bilhetes, etc...:-) Olha que o ideal mesmo é colocares alguns destes objectos em uma espécie de relicário. Deste modo eles ficam todos juntos, reunidos para serem para sempre lembrados, como deve ser.

9. “INTERVENÇÕES”: E por que não ires além e fazeres intervenções em móveis ou elaborares murais com cortiça? Alguns ideias boas são adicionares os postais ou mapas!

10. POTES: Dá para trazeres a praia contigo! Além de ser uma lembrança da viagem, faz uma composição inusitada com o restante da decoração. É só juntares as conchinhas e areia da praia.

1 de 5
  • Inspirações para decorares a tua casa com tema de viagem - image 1
  • Inspirações para decorares a tua casa com tema de viagem - image 2
  • Inspirações para decorares a tua casa com tema de viagem - image 3
  • Inspirações para decorares a tua casa com tema de viagem - image 4
  • Inspirações para decorares a tua casa com tema de viagem - image 5
  • Inspirações para decorares a tua casa com tema de viagem - image 6
  • Inspirações para decorares a tua casa com tema de viagem - image 7
  • Inspirações para decorares a tua casa com tema de viagem - image 8
  • Inspirações para decorares a tua casa com tema de viagem - image 9
  • Inspirações para decorares a tua casa com tema de viagem - image 10
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
1k

5 motivos pelos quais viajar torna-nos mais felizes do que possuir bens materiais

O dinheiro é tão necessário quanto a tua habilidade de saberes gastá-lo. Todos precisam dele para viver, mas este não deve ser o motivo maior que move a vida. Ou seja, o primeiro passo é estar no comando da situação financeira e não ser dominado por ela. Para provar esta teoria, um estudo feito pelo psicólogo Thomas Gilovich mostrou que os bens materiais estão bem longe da satisfação pessoal que uma viagem é capaz de trazer. Gilovich fez uma lista de 5 razões pelas quais viajar é melhor do que passares o teu tempo a comprar e a acumular:

Slider

1. É MUITO DIFÍCIL COMPARAR VIAGENS, AO CONTRÁRIO DAS COISAS: Uma coisa é um facto: um bem material precisa ser muito especial para não cansar-te rapidamente. Se tu compras um carro, fazes um grande investimento, mas após seis meses a empolgação já não é a mesma e após um ano de uso ele já está desactualizado e desvalorizado. A viagem, nem que não seja tão distante de casa, jamais vai ser igual àquela que tu fizeste no ano passado. Não importa o destino e sim a maneira como tu vais aproveitá-la.

2. VIAJAR APROXIMA MAIS OS CASAIS E AS PESSOAS, COISAS NEM SEMPRE: Tu podes muito bem comprar uma passagem e viajar para um destino sozinho ou acompanhado que não voltarás da mesma maneira que foste. A viagem envolve tantas experiências no percurso que fica dificil não retornares para casa sentindo-te melhor. Se for um casal, a fuga da rotina sempre beneficia; se for uma família, os membros aproximam-se e acumulam lembranças; se vais sozinho, sempre irás conhecer pessoas interessantes e prestativas pelo caminho. Já os bens materiais… às vezes viram até motivo de zanga e inveja.

3. VIAJAR ABRE A TUA MENTE E MUDA A TUA CONCEPÇÃO DO MUNDO: Como ter pensamentos diferentes se tu estás preso a um só lugar? Impossível. O conhecimento de novas culturas expande-te o pensamento para onde tu não alcançarias se não cruzasses fronteiras. O contacto com outras línguas, experiências de vida e olhares rejuvenescem, trazem-te a frescura necessária para novos obstáculos e perspectivas da mesma forma que um livro seria capaz de trazer.

4. A EXPERIÊNCIA DE UMA VIAGEM FICA PARA SEMPRE, A COMPRA DE UM BEM TORNA-SE OBSOLETA: As coisas têm prazo de validade. Com o tempo, elas estragam-se, quebram ou perdem a graça. Até mesmo a mais bela das jóias pode não ter o mesmo brilho nos teus olhos com o passar dos anos. Enquanto isto, viajar fica ali, na memória e sempre arranca-nos um sorriso do rosto, o desejo de querer mais.

5. A VIAGEM ENSINA-TE A CULTIVAR O DESAPEGO: Caso tu ainda não te tenhas dado conta, a vida é passageira e não cabe a nós decidir quanto tempo temos. Tendo isso em mente, que tal praticarmos o desapego? Não descontar as frustrações do dia-a-dia gastando dinheiro é uma forma de o fazer, já que as compras só acabam frustrando-te ainda mais depois que tu percebes o rombo no bolso. O mesmo não acontece com as viagens, porque dificilmente tu te vais arrepender de ter feito uma. É uma libertação do cómodo, da rotina, do espaço comum e até dos ciclos viciosos. O aprendizado do desapego é diário, a começar pelo fato de que tu já deves deixar as tuas coisas para trás assim que pões os pés fora de casa.

1 de 5
  • 5 motivos pelos quais viajar torna-nos mais felizes do que possuir bens materiais - image 1
  • 5 motivos pelos quais viajar torna-nos mais felizes do que possuir bens materiais - image 2
  • 5 motivos pelos quais viajar torna-nos mais felizes do que possuir bens materiais - image 3
  • 5 motivos pelos quais viajar torna-nos mais felizes do que possuir bens materiais - image 4
  • 5 motivos pelos quais viajar torna-nos mais felizes do que possuir bens materiais - image 5
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
1k

10 sinais de que tu nasceste para viajar

A tua família e amigos não conseguem entender como tu passas mais tempo a viajar do que curtir a vida do lado deles e o teu amigo que faz anos em janeiro já nem te convida mais para a festa porque sabe que é impossível encontrar-te na durante o verão? Conheça os 10 sinais de que tu nasceste para desbravar o mundo:

Slider

1. COMIDA NUNCA FOI UM PROBLEMA: Com o tempo, tu descobriste que é possível te adaptares a quase qualquer realidade gastronómica. Isso inclui as comidas picantes do sudeste asiático, a abundância da cozinha francesa e até mesmo as delícias que tu só encontras em vilarejos escondidos da América Latina. Mas, pelas dúvidas, tu sempre levas um digestivo na mala.

2. FALTA DE ROUPA TAMBÉM NÃO: Quem viaja de vez em quando não vê nenhum problema em levar a vida na mala. Mas tu não quer perder tempo carregando peso para cima e para baixo e aprendeste a fazer a mala perfeita, pequena, compacta e com tudo o que precisas. Cada um tem sua técnica nesse sentido, mas todas acabam virando motivo de conversa entre os viajantes.

3. TU JÁ APRENDESTE A PEDIR CERVEJA EM UMA 15 LINGUAS: Como propor um brinde e dizer obrigado também estão entre as primeiras palavras que tu aprendeste e são óptimas para começar qualquer conversa. Além disso, tu já aprendeste que ser cara de pau nunca é demais e engata conversas em idiomas que sequer ouviste falar sem nenhuma vergonha.

4. MAPAS JÁ FAZEM PARTE DA DECORAÇÃO DA TUA CASA: Isso se tu ainda tiveres uma, é claro. Neste caso, é provável que tenhas aquele mapa especial onde marcas todos os países por onde passaste ou mesmo utiliza lembranças de viagem para decorar os espaços de uma maneira só tua – e que fará tu te lembrares das aventuras vividas quando estava na estrada.

5. TUA LISTA DE LUGARES A CONHECER PARECE UM PERGAMINHO: Quando tu achas que a lista está completa, aparece aquele blog de viagens que tu adoras para contares sobre aquela cidadezinha escondida na China, o lago rosa da Ucrânia ou sobre as deslumbrantes paisagens da Croácia. E é claro que a lista só aumenta…

6. TU ADORAS PLANEAR AS TUAS VIAGENS: Não apenas as tuas, mas as dos outros também. E, mesmo que nem sempre sigas o roteiro criado, ele sempre vai existir para guiar-te nos próximos passos de cada aventura. Como resultado, o período de planeamento acaba sendo tão divertido quanto a viagem em si.

7. O TEU EMPREGO DOS SONHOS É ALGO QUE INCLUA VIAGENS: É possível que tu tenhas optado por te tornares num nômade digital ou estejas a procura de um trabalho que ofereça a oportunidade de viajar com frequência a outros lugares, como ser fotógrafo do National Geographic ou comissário de bordo, por exemplo.

8. AS HORAS QUE TU PASSASTE EM MACHOMBOMBOS, AVIÕES E COMBOIOS DARIAM UM LIVRO: As tuas primeiras economias foram usadas para comprar alguma passagem para qualquer lugar. E, desde então, os meios de transporte parecem ter se tornado na tua segunda casa. Tanto é que tu provavelmente passas mais tempo em machimbombos, aviões e comboios do que a visitar a tua família.

9. TU SEMPRE TIRAVAS BOAS NOTAS EM HISTÓRIA E GEOGRAFIA: Desde criança tu tinhas um interesse incomum em histórias de outros lugares e acabavas te dando bem nas aulas de história e geografia. Os professores podiam até não entender a dedicação extra a essas disciplinas, mas a gente sabe que era tua vontade de viajar manifestando-se desde cedo.

10. TODOS LEMBRAM DE TI NA HORA DE VIAJAR: Antes ou depois de uma viagem, todos sempre lembram-se de ti. Tu és marcado em posts sobre viagens no Facebook. Os amigos pedem dicas de como economizar, onde hospedarem-se e o que visitar enquanto estiverem a viajar e, sempre que alguém visita um destino que tu ainda não conheces, parece sentirem necessidade de contar-te logo para ti o que acharam. E, é claro, o lugar acaba indo para a tua lista de locais a conhecer...;-)

1 de 5
  • 10 sinais de que tu nasceste para viajar - image 1
  • 10 sinais de que tu nasceste para viajar - image 2
  • 10 sinais de que tu nasceste para viajar - image 3
  • 10 sinais de que tu nasceste para viajar - image 4
  • 10 sinais de que tu nasceste para viajar - image 5
  • 10 sinais de que tu nasceste para viajar - image 6
  • 10 sinais de que tu nasceste para viajar - image 7
  • 10 sinais de que tu nasceste para viajar - image 8
  • 10 sinais de que tu nasceste para viajar - image 9
  • 10 sinais de que tu nasceste para viajar - image 10
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
1k

Com 37 anos ele visitou todos os países do mundo

Em menos de quatro décadas de vida, o norueguês Gunnar Garfors fez algo impossível para a grande parte da população do planeta: conseguiu visitar todos os países do mundo.

Proprietário de uma empresa de comunicação que lhe permite trabalhar na estrada, Gunnar Garfors, agora com 40 anos, visitouos «198 países» do planeta, somando os 193 membros das Nações Unidos mais o Kosovo, Vaticano, Palestina, Sahara Ocidental e Taiwan.

Após visitar, em 2013, o último país que lhe faltava (Cabo Verde), Gunnar lançou um livro chamado “198: How I Ran Out Of Countries” e lançou um site onde conta detalhes e mostra as fotos das suas jornadas.

«Consegui visitar 193 países em menos de dez anos», conta Gunnar, cuja real paixão parece ser mesmo percorrer o máximo possível de nações no menor período de tempo. Garfors, foi notícia mundial ao passar por 19 países da Europa em 24 horas. Entre os seus lugares preferidos, estão o enorme buraco de fogo do Turquemenistão conhecido como “Porta para o Inferno” e as paisagens montanhosas do seu próprio país, a Noruega.

Slider

1. Este é Gunnar Garfors, a pessoa mais jovem a viajar para todos os 198 países no mundo como um hobby.

2. O primeiro país que visitou foi a Grécia, na altura com os pais.. Aos 17 anos ele começou a viajar sem sua família, e visitou 13 países na Europa. "Em seguida fiquei viciado", disse Gunnar.

3. "Na Noruega temos cinco semanas de férias pagas, mais aproximadamente duas semanas de feriados nacionais", explicou. "Tenho viajado em todas as ocasiões, quase todas as férias e dias de folga e muitos fins de semana."

4. "Muita gente afirma não ter dinheiro, mas é tudo uma questão de prioridades e dedicação. Eles têem o dinheiro, só que vai demorar algum planeamento. Em seguida, é possível ficar gratuitamente em um sofá de alguém usando sites como CouchSurfing ou Hospitality Club. Você não só obter uma cama livre, mas um guia gratuito e talvez um grande amigo também. "

5. Garfors também recomenda que você deixe sua mala em casa. "É mais flexível, e você não terá que pagar por bagagem despachada. Basta arrumar de forma sensata. viajei com apenas bagagem de mão durante cinco semanas."

6. Em 8 de maio de 2013, Garfors chegou ao seu último país, Cabo Verde, acompanhado por dois irmãos, uma irmã e 11 amigos. Embora sua mãe não pudesse fazê-lo, ela havia preparado uma carta para a ocasião, que foi lida para ele por sua irmã. "Parabéns por uma missão bem cumprida! Isto custou-lhe imenso tempo e dinheiro, e nós temos que partilhar com o mundo por muitos anos agora", disse ela na carta, antes de acrescentar: "Você ainda têm priorizado sua família, ocasionalmente.".

1 de 5
  • Com 37 anos ele visitou todos os países do mundo - image 1
  • Com 37 anos ele visitou todos os países do mundo - image 2
  • Com 37 anos ele visitou todos os países do mundo - image 3
  • Com 37 anos ele visitou todos os países do mundo - image 4
  • Com 37 anos ele visitou todos os países do mundo - image 5
  • Com 37 anos ele visitou todos os países do mundo - image 6
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
682

Novo Boeing Dreamliner faz “decolagem vertical”

Parece uma manobra digna de montanha russa, mas é mesmo um avião. O novo Dreamliner 787-9 da Boeing foi filmado a realizar uma decolagem vertical impressionante, capaz de tirar o fôlego a qualquer passageiro.

Não será desta forma, garantidamente, que o aparelho irá decolar em voos comerciais: na realidade, o piloto estava em treino para uma exibição no Salão Internacional de Aeronáutica e do Espaço de Paris, que se realiza a partir de segunda-feira, 15 de junho, no aeroporto Le Bourget da capital francesa. Assiste o vídeo:

Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
485