Publicar com tag "#leitura"

2

Total Publicar

Os benefícios da leitura

Quando foi a última vez que leste um livro? Não falamos de revistas ou de artigos disponibilizados nos habituais smartphones ou tablets, mas sim de livros de capa dura e papel ou em formato digital, com um princípio, meio e fim. A pergunta não vem por acaso, até porque a ciência já veio mostrar que o hábito de leitura tem benefícios físicos e psicológicos que o podem ajudar no teu dia-a-dia. Queres saber quais são?

 

1 – Reduz o stress e ajuda a dormir melhor

Se calhar não é só de um banho quente ou de uns minutos de silêncio que precisa. Um estudo de 2009, conduzido pela Universidade de Sussex, nos EUA, mostrou que ler era a forma mais eficaz de superar o stress. Sim, mais eficaz do que ouvir música, beber um chávena de chá ou dar um passeio. São as estatísticas que o comprovam: segundo a pesquisa citada  pelo Business Insider, apenas seis minutos de leitura ajudam a reduzir o stress até 68%.

 

2. Melhora a memória

A leitura pode ajudar a memorizar conteúdos com mais facilidade, já que, muitas vezes, o leitor deve estimular a sua memória para se lembrar sobre os principais aspectos que envolvem a história, como nomes de personagens, lugares, principais acontecimentos ao longo do enredo, entre outros.

 

3.  Melhora a capacidade de memorização

Ler é uma ótima forma para treinar a concentração. Isto porque ao ler, principalmente em lugares públicos, você acaba forçando a sua mente para não perder o raciocínio com o barulho. Esta habilidade pode ser bastante útil durante a preparação dos testes/exames.

 

 

4.  Expande o conhecimento

A leitura proporciona o acesso a vários conteúdos expandindo o seu conhecimento. Quanto mais frequente for o seu acesso aos livros, maior será o seu repertório cultural.

 

 

 

Os benefícios da leitura
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
1k

Dicas para memorizares o que estudas.

Existem muitas pessoas com dificuldade de memorizar o que lê, o que estudam. Passa um tempo, e já não se lembram mais e na hora do teste acontece o temível “branco”.

Esta situação é explicada através da forma com que o indivíduo estudou uma determinada matéria. Quando trata-se de ciências exatas, os professores recomendam a prática de exercícios, pois através desta os resultados serão cada vez mais fáceis de serem obtidos.

Agora, quando trata-se de ciências humanas, onde envolve a leitura, ou seja, teoria, tudo parece ficar um bocado mais complicado!

Mas isto acontece porque tu ainda não paraste para analisar como ler da melhor forma. Estas são as 10 dicas para tornares a tua leitura mais eficaz:

1. Primeiro, avalia que tipo de ambiente favorece a tua leitura: claro, aberto, fechado, mais escuro. Se este último for da tua preferência, lembra-te de não deixar o lugar muito escurecido, pois é prejudicial à saúde dos olhos e provoca sono.

2. Desliga a televisão, a música, o computador. Qualquer outro tipo de ruído que pode atrapalhar e dispersar a tua atenção.

3. Que tipo de posição ficas mais confortável ao leres? Sentado, de pé a andar de um lado para outro, inclinado. Fica na posição que mais deixa-te confortável, no entanto, nunca lê deitado, pois poderás dormir dentro de poucos minutos.

4. Coloca água perto de ti, um doce, ou um pedaço de bolo para que tu não estejas a levantar a todo momento.

5. O mais importante: Decide estudar! tira tempo para estudares. Não vais estudar nunca com má vontade, com indisposição ou reclamando, pois não vai te ajudar em nada, muito pelo contrário, tu não vais conseguir lembrar da matéria que estudaste. Simplesmente, toma a decisão, mesmo que não queiras!

6.Faz uma leitura silenciosa do texto. Aproveita e vai sublinhando as partes mais importantes de cada parágrafo.

7. Lê o texto em voz alta. No final de cada parágrafo, faz anotações ou escreve no papel o que achaste mais importante.

8. Agora, chegou a vez de tu leres o texto e fingir que vais dar uma aula ou apresentares um seminário sobre o mesmo. Desta forma, forçarás a ti mesmo a relembrar o que leste. Nesta etapa, consulta, sempre que necessário, o que escreveste e o que sublinhaste. Mas não fica lendo, explica com as tuas próprias palavras.

9. Tu treinaste para dar a tua aula ou apresentares o teu seminário. Então, neste momento, imagina que está a realizar este feito e de preferência NÃO faz nenhum tipo de consulta. E então, ainda lembras?

10. Se ainda estiveres a esquecer factos importantes, relê novamente o texto, explica-o em frente ao espelho. Não desiste, respira fundo e recomeça. Afinal, tu está a treinar o teu cérebro e pode ser que demore um pouco para que o mesmo acostume-se com estes hábito de memorização.

Coloca em prática estas dez dicas e vais ter óptimos resultados, pois podes acreditar que foram testadas e aprovadas por alguém com dificuldades de memorizar o que lê!

 

Dicas para memorizares o que estudas.
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
1k