‘Vossa Majestade’ é o Marketing Tradicional.

Quer posicionar sua marca? aposte no tradicional.

Com o advento do Marketing Digital, a maioria dos Marketeers olhou a popularidade do digital face ao tradicional como uma batalha de titãs e não como convergência de mídia, toda marca/mundo queria e quer estar no digital, e ao meu ver isso é bom e não é nenhum problema, o problema começa quando tentamos assumir que o Marketing tradicional neste específico caso (TV+Rádio) é um rei destronado e sem majestade diante do digital.

Antes de avançar, para quem conhece-me sabe que nasci do digital e isso pode parecer uma rendição mas não é, quero sustentar o meu ponto de vista, nos últimos 2 anos tive a oportunidade de viajar pelo País e uma das viagens interessantes foi a que fiz nos últimos 4 dias, tive a oportunidade de conhecer Moma e Larde (Distritos de Nampula), estes distritos não tem nada de diferente em relação aos outros, mas eu é que tive uma visão especial desta vez, percebi algo óbvio, que Moçambique é um ‘Mar’ de culturas, de igual modo que o mar é repleto de várias espécies marinhas assim é o nosso País. Quase, se não todos distritos têm 3.5G, boa comida, boa hospedagem, paisagens lindas as pessoas usam redes sociais e consomem conteúdo digital.

Voltando a majestade do tradicional, apesar de toda essa evolução nos lugares que visitei as pessoas ainda juntam-se/amontuam-se para ver TV e arrisco-me a dizer que 90% da antenas são parabólicas de algumas provedoras de TV digital que bem conhecemos, a rádio local tem uma grande influência no dia a dia das pessoas/consumidores, e quando pergunto qual é o músico mais popular daqui a resposta é sempre: Um músico local, isso é mais uma prova de que a mídia tradicional (TV e Rádio) são as grandes armas para marcas que querem estabelecer-se na cultura Moçambicana e associar a marca aos locais podia ser uma óptima estratégia.

A nossa cultura é fragmentada o que a torna rica e difícil de ‘conquistar’, e para uma marca estar posicionada em todos lugares e liderar é preciso que aposte em uma mídia cultural e no meu ponto de vista é a Televisão e Rádio.

No meio de tudo isto o digital desempenha seu papel (de luxo) que é de servir como o canal global de partilha e não de activação e construção de marca. No digital é possível deixar o consumidor comentar e criticar o que ajuda as marcas a rever sua estratégia do tradicional e prever novas acções específicas.

O Marketing tradicional vai fazer as suas vendas (garanto-lhe) e o digital vai lhe fazer festejar e curtir com seus consumidores (pode acreditar). Quer vender e fazer a festa? então active no tradicional e engaje no digital.

‘Vossa Majestade’ é o Marketing Tradicional.
Não seguro para
"Clique aqui para mostrar
936